ARACAJU/SE, 19 de maio de 2024 , 2:40:18

logoajn1

Samu intensifica campanha “Motociclista Vivo” com ação de conscientização

Como parte da Campanha Motociclista Vivo, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizou na manhã desta quarta-feira (12), na praça General Valadão, uma ação de conscientização com os motociclistas que trafegam no Centro de Aracaju.

Além de informar sobre os altos índices de vítimas de acidentes de motos que chegam ao hospital João Alves, a equipe orientou sobre os perigos de uma pilotagem sem segurança, as sequelas dos acidentes e os custos financeiros e sociais.

A superintendente do Samu, Conceição Mendonça, disse que dos 100% dos atendimentos de trauma, 68% são acidentes de moto. “Nós do Samu 25% são atendimento clínicos e 75% trauma, destes, 68% são de acidentes de moto, e muitos são casos graves. Nós trabalhamos na reparação desses casos, mas estamos também desenvolvendo um trabalho preventivo, de educação com a sociedade”, explica.

A campanha, como detalhou Conceição, objetiva conscientizar para diminuir os casos de óbitos por acidentes de motos em Sergipe, em especial entre os jovens.

Servidores do Samu distribuíram panfletos com dados e com os cuidados que os condutores devem adotar. Foi feita também a distribuição de folders e de adesivos para capacetes com a marca da campanha.

Retrospecto

Sergipe é o estado brasileiro com maior média de motociclistas mortos no trânsito. De acordo com dados do Governo do Estado são 17,6 óbitos para cada 10 mil motos e a faixa etária é de jovens entre 15 e 25 anos. Para chamar atenção da população e tentar mudar essa realidade foi lançada em Sergipe a Campanha “Motociclista Vivo Pilota com Responsabilidade”, uma parceria entre diversos órgãos do estado e do município de Aracaju. 

 

Foto: Lindivaldo Ribeiro/CS

Você pode querer ler também