ARACAJU/SE, 25 de fevereiro de 2024 , 5:44:30

logoajn1

Vazão da hidrelétrica de Xingó opera em 800 m³/s

Da redação, AJN1

Desde o dia 11 de novembro que a vazão defluente média diária da Usina Hidrelétrica de Xingó (AL/SE) está reduzida de 1.400 m³/s para 800 m³/s, solicitado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), face à realização da IV Expedição do Baixo São Francisco.

A defluência média diária de Sobradinho permanece nos 800 m³/s, e o patamar de Xingó, na faixa de 800 m3/s, será praticado até nova reavaliação, ainda sem data prevista.

A Chesf ressalta a importância da não ocupação das áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, visto que, em condições emergenciais, como em caso de atendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN), as usinas de Sobradinho e Xingó podem turbinar vazões da ordem de 4.200 m3/s e 3.000 m3/s, respectivamente, com consequente aumento do nível do Rio São Francisco.

Você pode querer ler também