ARACAJU/SE, 24 de abril de 2024 , 19:37:25

logoajn1

Amorosa será homenageada no maior prêmio de música do Nordeste

No próximo dia 17 de maio, em Campina Grande (PB), acontece mais uma edição do Troféu Gonzagão, considerado o maior prêmio destinado a compositores, intérpretes e referências da música produzida especialmente no Nordeste e também no cenário nacional. E, entre as referências musicais no Nordeste, a cantora sergipana Amorosa receberá o prêmio em um momento especial onde comemora 30 anos de carreira.

 

O compositor Zé Dantas (in memoriam), parceiro de Luiz Gonzaga em dezenas de músicas que se tornaram clássicos, Carlinhos Brown e Elba Ramalho também serão homenageados.

 

Para Amorosa, “Deus foi generoso comigo. Colecionar mais de 50 prêmios como cantora representa mais do que prestígio, pois é a dimensão da responsabilidade que me foi confiada. Receber um prêmio na cidade que realiza o maior festejo junino do mundo, por acontecer durante todo o mês de junho e pelo conjunto das realizações culturais que desenvolve, é um privilégio. Divido com todos os forrozeiros sergipanos, os que partiram desta terra e os que permanecem nela”, concluiu.

 

Resgate da memória

 

O projeto que alcançou credibilidade no meio artístico, político e empresarial do Nordeste foi criado pelo Centro de Ortodontia Integrado (COI), através dos seus idealizadores Rilávia Sayonara de Castro Cardoso Lucas e Francisco Ajalmar Maia. A ideia surgiu de um encontro festivo informal, tendo alcançado uma proporção que consagrou o evento como o mais importante prêmio da atualidade, no conceito de resgate da memória da musicalidade nordestina, valorização ao produto artístico e integração de referências musicais que produzem cultura com talento, em diversos Estados brasileiros.

 

Nas edições realizadas, diversos artistas já foram homenageados. Entre eles, Flávio José, Marinêz, Dominguinhos, Alceu Valença, Jackson do Pandeiro, Alcymar Monteiro, Genival Lacerda, Chico César, Waldonys, Dorgival Dantas, Maestro Marcos Farias (filho da cantora Marinêz), Anastácia, João Silva, Rosinha Gonzaga, Sivuca, Antônio Barros & Ceceu, entre outros.

 

Cultura

 

Para uma das idealizadoras do evento, Rilávia Cardoso, “a realização de uma premiação deste porte traz a evocação de uma cultura que tem como bandeira o forró, fruto da genialidade de um homem simples, cuja sabedoria e amor ao seu povo revolucionaram e construíram uma nova história que engrandeceu, definitivamente, o cancioneiro da música popular brasileira”.   

Você pode querer ler também