ARACAJU/SE, 23 de maio de 2024 , 9:55:43

logoajn1

Mostra de cinema espanhol começa nesta segunda, 14

A Sala de Exibição Walmir Almeida recebe de 14 a 18 de setembro, a Mostra de Cinema Atual Espanhol, realização do Escritório Cultural da Embaixada da Espanha e o Instituto Cervantes em parceria com a Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), através do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPDOV).

A Mostra tem o intuito de apresentar a cinematografia espanhola com filmes realizados em 2013. O recorte traz um pouco da produção atual e nomes para o conhecimento do público. Diversos gêneros e temáticas marcam as exibições que serão realizadas durante toda a semana às 15h30, no Centro Cultural de Aracaju (antiga alfândega).

O cinema espanhol ganhou atenção mundial desde o diretor Luis Buñuel e principalmente com Pedro Almodóvar, que obteve uma maior inserção comercial. Contudo, outros nomes têm destaque como Alejandro Amenábar, Carlos Saura, Segundo de Chomón, Florián Rey, Juan Antonio Bardem, Luis García Berlanga, Jesús Franco, Antonio Isasi-Isasmendi, Mario Camus, José Luis Garci, entre outros.

Rosângela Rocha, coordenadora do NPDOV, fala que essa é uma oportunidade de conhecer mais do cinema espanhol e expandir as fronteiras audiovisuais. Ela explica que há uma proximidade com a cultura brasileira e é uma chance de reconhecer o que o outro tem e o que compartilhamos.

“Há um fio condutor de mercado conduzido pelas grandes mídias, representadas por grandes redes multiplex. Nosso perfil não é esse e sim o de abrir horizontes diversos, de cinematografias e produções independentes ofertando um circuito que seja alternativo para os cinéfilos locais”, afirma.

Nas exibições o público pode conferir os filmes ‘Viver é fácil com os olhos fechados’ de David Trueba, ganhador dos Goya de 2014, ‘Stockholm’ de Rodrigo Sorogoyen, filme independente rodado com a verba obtida mediante crowdfunding; ‘Pessoas em Lugares’ de Juan Cavestany, com alguns dos melhores atores e atrizes espanhóis; ‘A Ferida’ de Fernando Franco e ‘A praga’ de Neús Ballús. Confira a programação completa:

Programação

Dia 14, segunda-feira às 15h30

Viver é Fácil Com os Olhos Fechados (108 min; 12 anos)

Direção: David Trueba

Sinopse: Antonio, um professor de gramática que usa músicas dos Beatles para ensinar inglês na Espanha em 1966, descobre que John Lennon vai visitar a província da Almería durante as gravações de um filme. Determinado a conhecê-lo, ele dirige pela estrada em sua jornada. No caminho, dá carona a um garoto de 16 anos que fugiu de casa e uma garota de 21 que também parece estar fugindo de algo.

 

Dia 15, terça-feira às 15h30

Stockholm (89 min; 16 anos)

Direção: Rodrigo Sorogoyen

Sinopse: Uma noite, numa balada, você vê uma mulher e fica apaixonado imediatamente. Você fala com ela, mas não acredita. Teima em acompanhá-la e consegue ficar com ela o resto da noite. O que aconteceria se na manhã seguinte ela não é a mulher que parecia ser? Uma noite, numa balada, você está cansada e aparece o típico homem que fala que se apaixonou por você. Você fala para ele ir embora, mas ele insiste. Você percebe que não é o típico homem: é engraçado e charmoso. Além disso, v e acreditas, além disso, está verdadeiramente apaixonado pelo que você termina passando a noite com ele. O que aconteceria se na manhã seguinte não é o homem que parecia ser?

 

Dia 16, quarta-feira às 15h30

Pessoas em Lugares (77 min; Livre)

Direção: Juan Cavestany

Sinopse: "Um conto caleidoscópico", como define o próprio diretor Juan Cavestany, este experimento parece fazer aleatoriamente o seu caminho através da comédia, do drama, da crônica social, do horror e do surrealismo, com um único denominador comum: a poesia intransigente da condição humana contra a investida do inusitado e do caótico. Um filme ambicioso, composto por 20 cenas curtas, com diferentes tons e temas. Não há nenhuma ligação entre elas, muito pelo contrário. A arbitrariedade por si só dá um sentimento de unidade ao discurso.

 

Dia 17, quina-feira às 15h30

A Ferida (99 min; 16 anos)

Direção: Fernando Franco

Sinopse: Ana é uma motorista de ambulância de 28 anos. Apesar de eficiente em seu trabalho, ela tem problemas sérios em se relacionar com os outros, socialmente desajeitada e até agressiva contra aqueles que são próximos a ela. Isso a deixa infeliz e muito culpada o que a leva até a violência. O que ela não sabe é que sofre do que os psiquiatras chamam de Transtorno de Personalidade Limítrofe.

 

Dia 18, sexta-feira às 15h30

A Praga (85 min; Livre)

Direção: Neús Ballús

Sinopse: Raul é um agricultor que quer plantar alimentos orgânicos. Para ajuda-lo, ele contrata Iurie, um lutador de luta-livre da Moldávia que ganha a vida com o que aparece à sua frente. Aos poucos, suas histórias cruzam a vida de três mulheres solitárias: Maria, uma senhora obrigada a deixar sua casa no interior e viver em um asilo; Rose, uma enfermeira filipina que acaba de chegar ao país; e Maribel, uma prostituta com cada vez menos clientes.

 

Foto e fonte: Funcaju

Você pode querer ler também