ARACAJU/SE, 18 de julho de 2024 , 12:18:22

logoajn1

Procissão dos caminhoneiros em Itabaiana renova fé e resgata tradição familiar

Da redação, AJN1

 

Hoje (12), dia em que os namorados celebram o amor e a paixão, também é simbólico para os sergipanos do município de Itabaiana, distante 58 quilômetros de Aracaju. Isso porque a cidade serrana, reconhecida nacionalmente como a terra do caminhão, realizou a tradicional procissão do caminhoneiro, cortejo inserido na programação do Trezenário de Santo Antônio, padroeiro local.

 

A cidade madrugou literalmente em festa. E logo de manhã cedinho foi realizado um abastado café da manhã, aberto ao público, em homenagem aos reis das estradas. Nas ruas, durante todo o dia, só se ouvia as buzinas.

 

E a esperada procissão, realizada todos os anos para abençoar e protejer os caminhoneiros, começou no início da noite. Centenas de caminhões serpenteavam pelas apertadas ruas da cidade, seguindo o andor florido e iluminado de Santo Antônio.

 

“Sou caminhoneiro há 20 anos e sempre estou aqui para pedir proteção nas estradas e para minha família”, disse o caminhoneiro João Santos, de 53 anos de idade.

 

Outro lobo das estradas, Roberto Santana, 45, deve o pão de cada dia e os estudos dos filhos à profissão. “Sou grato e agradeço todos os dias a Deus e Santo Antônio”.

 

O cortejo se encerrou em frente à Igreja de Santo Antônio e Almas, ao som de buzinaços, finalizando o reencontro.

 

Festa do Caminhoneiro

 

Anualmente, de 1º a 13 de junho, Itabaiana diariamente aglutina milhares de pessoas, culminando com uma noite festiva na praça de eventos, onde também se realiza uma grande e importante Feira de Negócios, voltada para o segmento do comércio de caminhão, e shows artísticos.

Você pode querer ler também