ARACAJU/SE, 22 de maio de 2024 , 11:56:40

logoajn1

Secult divulga selecionados do Prêmio audiovisual Wilson Silva

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) concluiu a etapa III do Edital N° 005/2014 referente à concessão do Prêmio Wilson Silva de Incentivo a Produção de Obras Audiovisuais Digitais de Curta e Média Metragem. O último encontro da Comissão de Seleção com os proponentes dos projetos aconteceu nesta segunda-feira, 20, na Biblioteca Pública Epifânio Dória, onde foram definidos seis projetos finalistas publicados no Diário Oficial do Estado.

Convocados para o pitching, defesa oral, os representantes de cada um dos sete projetos selecionados na etapa II tiveram 10 minutos de explanação e 15 minutos para ouvir e esclarecer as dúvidas da Comissão. Os projetos aprovados na ultima etapa de seleção e que serão beneficiados são: “Nadir”, “Clandestino”, “Tototós: Canoas do Rio Sergipe”, “Memória D’água”, “Olhos de Fogo” e “Só Mais um Dia”.

Em um projeto que tem como objetivo principal mostrar a importância social e cultural das tototós, que desde 2011 são consideradas patrimônio imaterial do Estado, o documentário “Tototós: Canoas do Rio Sergipe”, foi defendido pelo diretor Sérgio Borges. “Nós colocamos os nossos sonhos num papel, e o edital veio como um meio de colocar esses sonhos em prática”, ressaltou.

Com o roteiro adaptado do conto do escritor sergipano Antônio Carlos Viana, o projeto “Olhos de Fogo” foi defendido pela diretora Jade Moraes. Para ela, “todos os editais são importantes para a produção do audiovisual no Estado, e boa parte dessas produções são responsáveis por difundir a cultura sergipana”. Já o diretor do curta infantil “Clandestino”, Baruc Blumberg, acredita que “ter uma política pública voltada para área cultural é muito importante, independente de ser via edital ou não”.

No dia 06 de julho, a comissão, avaliou os 17 projetos inscritos, considerando, os critérios estabelecidos na etapa II de seleção. Os principais pontos avaliados foram referentes à qualidade artística do projeto; à adequação da proposta orçamentária e viabilidade; ao potencial de realização da equipe envolvida; aos aspectos referentes à descentralização da produção; e à valorização da memória cultural material e imaterial e da identidade regional do Estado de Sergipe.

Parcerias

A terceira edição do Edital de Audiovisual conta com uma parceria com a Agência Nacional do Cinema (Ancine), através do programa Brasil de Todas as Telas. Os projetos selecionados receberão um aporte de 50 mil reais cada, de oriundos do Fundo Estadual de Desenvolvimento Cultural e Artístico (Funcart) e do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Comissão

A comissão de seleção do Edital N° 005/2014 é composta por cinco profissionais do audiovisual, sendo uma representante indicada pela Secretaria de Estado da Cultura, Tiara Camera da Silva; um representante do curso de audiovisual da Universidade Federal de Sergipe, Diogo Cavalcanti Velasco; um representante do Conselho Estadual de Cultura, Antônio Alves do Amaral; e dois indicados por representações da sociedade civil, Marcus Vinicius de Jesus Mota e Pascoal D’Ávila Maynard Junior.

Projetos Selecionados

Clandestino (Animação)

Nadir (Documentário)

Tototós: Canoas do Rio Sergipe (Documentário)

Memória D’água (Documentário)

Olhos de Fogo (Ficção)

Só Mais um Dia (Ficção)

Você pode querer ler também