ARACAJU/SE, 19 de junho de 2024 , 3:44:52

logoajn1

Turnê comemorativa de 35 anos do Grupo Galpão chega a Aracaju

A capital sergipana é a última parada da turnê nordestina e recebe a temporada especial, de 15 a 17 de setembro, com apresentações de palco e rua; o grupo apresenta também novo disco que traz a trilha sonora do espetáculo De Tempo Somos, um sarau do Grupo Galpão

Uma das companhias mais importantes do cenário teatral brasileiro, o Grupo Galpão completa 35 anos de trajetória em 2017. A temporada de comemoração, que começou em Belo Horizonte, sede do grupo, passou pelo Rio de Janeiro (RJ) e seguiu para Fortaleza (CE), Natal (RN) e João Pessoa (PB). Aracaju é o próximo município a receber a turnê especial de aniversário, que traz espetáculos inéditos na cidade, em curta temporada, de 15 a 17 de setembro.

O sarau De Tempo Somos (Lydia Del Picchia e Simone Ordones) será apresentado na sexta-feira, no Museu da Gente Sergipana, com entrada gratuita, e a mais recente montagem do grupo, o espetáculo Nós (direção: Marcio Abreu), ficará em cartaz apenas sábado e domingo, no Teatro Tobias Barreto. Até o fim do ano, o Galpão passará ainda por São Paulo (SP), interior de Minas Gerais e Brasília (DF).

Ainda dentro das comemorações dos 35 anos, o Galpão apresenta o disco do espetáculo De Tempo Somos. O álbum, quinto lançamento do grupo, tem produção musical de Chico Neves e direção musical e arranjos de Luiz Rocha. No repertório, canções que marcaram a história do Galpão – tanto nos bastidores e ensaios, como nos palcos – e que fazem parte da memória afetiva do grupo e do público, como é o caso das faixas Flor, minha flor, de Romeu e Julieta (1992) Canção dos atores, de Um Molière Imaginário (1997). O disco estará à venda em todas as apresentações desta temporada e também na loja online do grupo, no site www.grupogalpao.com.br.

Sobre o Grupo Galpão

Criado em 1982, o Grupo Galpão tem sua origem ligada à tradição do teatro popular e de rua. Desenvolve um teatro que alia rigor, pesquisa e busca de linguagem, com montagem de peças que possuem grande poder de comunicação com o público. A capacidade de adaptação e busca pelo novo fazem do Grupo Galpão uma das mais reconhecidas companhias de teatro do país, que conta com o patrocínio da Petrobras desde 2002. Paralelo à agenda de apresentações, o grupo mantém ainda o centro cultural Galpão Cine Horto, e espaço de pesquisa e formação em teatro, que funciona em Belo Horizonte desde 1998. Integram o Grupo Galpão os atores Antonio Edson, Arildo de Barros, Beto Franco, Chico Pelúcio, Eduardo Moreira, Fernanda Vianna, Inês Peixoto, Júlio Maciel, Lydia Del Picchia, Paulo André, Simone Ordones e Teuda Bara.

NÓS

O espetáculo, que estreou em 2016, tem direção de Marcio Abreu. Enquanto preparam a última sopa, sete pessoas partilham angústias, algumas esperanças e muitos nós. A 23º montagem do Grupo Galpão, debate questões atuais, como violência, intolerância e convivência com a diferença, tudo isso a partir de uma dimensão política. No espetáculo, a plateia é convidada a presenciar situações de opressão e de convívio com a diferença, provocadas pelas relações de proximidade entre artista e espectador, ator e personagem, cena e plateia, público e privado, realidade e ficção. A mais recente montagem do Galpão foi gerada a partir de um mergulho radical na experiência do grupo, que completa 35 anos em 2017.

Classificação indicativa: 16 anos | Duração: 90 minutos | Gênero: teatro contemporâneo | Estreia: 2016

Você pode querer ler também