Após dois meses de queda, setor de serviços avança 3% em Sergipe

Em novembro de 2021, o setor de serviços em Sergipe avançou 3% em relação ao mês anterior, que havia registrado um recuo de 4,1%. Em relação ao mesmo período do ano anterior, Sergipe teve um avanço de 12,5%, que também foi acompanhado pela receita nominal (2,5% em relação ao mês anterior e 23,7% em relação ao mesmo período do ano passado). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (13), pelo IBGE.

Com esse resultado, Sergipe apresentou o 3º maior aumento no volume de vendas do país e o maior da região Nordeste, ficando atrás somente de São Paulo (4%) e Santa Catarina (3,7%). Em termos de avanço na receita nominal, Sergipe ficou em 6º país e o 2º da região Nordeste, ficando atrás de Pernambuco (2,6%).

Serviços crescem em 18 das 27 unidades da federação em novembro

Regionalmente, a maior parte (18) das 27 unidades da federação teve expansão no volume de serviços em novembro de 2021, na comparação com o mês imediatamente anterior, acompanhando o avanço (2,4%) observado no Brasil.

Entre os locais com taxas positivas, o impacto mais importante veio de São Paulo (4,0%), seguido por Rio de Janeiro (1,6%), Santa Catarina (3,7%) e Paraná (2,1%). Em contrapartida, o Mato Grosso do Sul (-4,0%) registrou a principal retração em termos regionais.