ARACAJU/SE, 17 de junho de 2024 , 11:32:53

logoajn1

Banco do Nordeste financia R$ 10 milhões para infraestrutura da Deso

O Banco do Nordeste contratou operação de R$ 10 milhões com a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Em 2017, esta é a primeira operação de capital de giro destinada ao setor de infraestrutura no estado. A maior parte dos recursos é proveniente do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), ou seja, 80% do crédito é concedido por meio da linha FNE Giro Infraestrutura.

De acordo com o gerente financeiro da Deso, Edvaldo de Melo Fernandes, o financiamento colabora para manter a qualidade dos serviços prestados pela companhia. “Vamos melhorar a infraestrutura da Deso, que lida na ponta com a saúde das pessoas. O crédito é destinado a despesas operacionais, aquisição de bombas hidráulicas e de produtos químicos para o tratamento da água”, disse.

“Também é a primeira operação que realizamos com este importante cliente, que presta relevante serviço social. O contrato marca o retorno do BNB como agente financiador de projetos de infraestrutura em Sergipe. E estamos no processo de negociação para financiar um projeto de investimento com a empresa”, explicou o gerente da agência Aracaju Centro, Carlos Virgílio Holanda.

Para o superintendente estadual do BNB, Antônio César de Santana, a contratação com a Deso representa bem a missão do Banco do Nordeste. “Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de Sergipe e da Região Nordeste, o Banco atende a empresas de todos os portes e segmentos econômicos, através de projetos estruturantes e de capital de giro, com o intuito de melhorar o atendimento prestado à população”, informou.

A empresa

Criada em 1969, a Deso é uma empresa de economia mista, que tem como acionista controlador o Governo de Sergipe. A companhia é responsável por estudos, projetos e execução de serviços de abastecimento de água, esgotos e obras de saneamento. Detém a concessão para 73 dos 75 municípios sergipanos, com atendimento a cerca de 1,8 milhão de pessoas.

Fonte: Ascom/BNB

Você pode querer ler também