ARACAJU/SE, 18 de maio de 2024 , 2:53:07

logoajn1

Professores da UFS sinalizam para encerramento de greve nacional na próxima terça-feira, 13

Da redação, AJN1

Diante das dificuldades impostas pelo governo Federal para desenvolver as negociações da pauta de reivindicação, os professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS), seguindo orientação nacional, reuniram-se em assembleia na manhã desta quarta-feira (7), e aprovaram, por ampla maioria, um indicativo de saída de greve marcado para o próximo dia 13, ocasião em que eles se reunirão novamente para decidir se encerram o não a paralisação, a maior da história.

De acordo com a Associação dos Docentes da Universidade Federal de Sergipe (Adufs), a categoria tem avaliado nacionalmente que esse é o momento de suspender a greve por conta do não avanço com o governo Federal, já que, conforme a categoria, "não negociou com a classe, não apontou para nenhuma perspectiva e continua fazendo os cortes no orçamento".

“Nossa universidade tem a possibilidade de encerrar a greve na próxima semana, mas não temos dotação orçamentária para os restaurantes da universidade, não há licitação para o restaurante funcionar, nós temos uma série de problemas a resolver. Temos um campus novo que foi inaugurado e só tem dois professores por departamento. Então, a luta vai continuar depois da greve. Se realmente for encerrada no dia 13, não significa que vamos para a luta”, destaca a professora.

Técnico-administrativos

Já os Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação (TAEs) da UFS aprovaram a orientação nacional de saída unificada da greve para esta quinta, 8. Entretanto, o retorno às atividades laborais está condicionado à assinatura do Termo de Acordo por parte do governo Federal, em reunião com o Comando Nacional de Greve.

 

Você pode querer ler também