ARACAJU/SE, 19 de maio de 2024 , 2:06:03

logoajn1

Professores da Universidade Federal de Sergipe decidem manter paralisação

Em greve há 69 dias, os professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) decidiram, durante assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (5), manter a paralisação em todo Estado.

Na assembleia, os docentes aprovaram uma contraproposta para encaminhar ao Governo Federal no próximo dia 10. O presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Sergipe (ADUFS), disse que a classe aceitou reduzir a proposta de recomposição salarial de 27% para 19,3%.

“Os 27% são referentes às perdas de 2010 a 2015, mas aceitamos a contraproposta do Fórum dos Servidores Públicos Federais que reduz esse percentual para 19,3%, mas queremos que esse valor seja pago este ano e não plurianual”, explica Jailton de Jesus Costa.

Já a proposta do Governo Federal é pagar aos servidores 21,4% dividido em quatro anos. Mas para a categoria, essa é uma proposta inaceitável e sem ganho real.

Manifestação

Na tarde de hoje, os professores farão um ato na reitoria da UFS, no campus de São Cristóvão, e às 16h irão participar de uma reunião com a equipe da reitoria. Na sexta-feira a categoria volta a se reunir em assembleia para avaliar a reunião de hoje.  

 

Foto: UFS 

Você pode querer ler também