Brasileirão: última partida vale permanência e rebaixamento

No próximo domingo (6), o Campeonato Brasileiro de 2015 chega ao fim. Além da luta contra o rebaixamento, brigas pelo vice-campeonato, por uma vaga no G-4 e a entrada direta nas oitavas da Copa do Brasil do ano que vem prometem agitar as partidas da última rodada, que serão realizadas às 17h (de Brasília).

 

Cinco clubes lutam para não cair

 

Avaí, Coritiba, Figueirense, Goiás e Vasco seguem com a esperança de fugirem do descenso para a Série B. Todos irão jogar suas partidas de olho nos concorrentes diretos.

 

No Couto Pereira, Coritiba e Vasco precisam da vitória para tentar escapar do rebaixamento. Em 18º na tabela com 40 pontos, o Cruzmaltino precisa de uma combinação de resultados para se salvar do terceiro descenso em oito anos. Além da vitória em cima do Coxa, o time de São Januário torce para que Avaí e Figueirense não vençam seus jogos. O Coritiba, um pouco mais tranquilo que as demais equipes, precisa apenas de um empate para se manter na Primeira Divisão.

 

Em São Paulo, o Avaí visita o Corinthians, na Arena Corinthians. Em 16º lugar com 41 pontos, o clube catarinense depende somente dele para permanecer na primeira divisão. Uma vitória simples sela o clube na elite do futebol brasileiro. Caso empate, terá que torcer para que Figueirense, Vasco e Goiás não vençam seus jogos.

 

No Orlando Scarpelli, o Figueirense recebe o Fluminense. Em 17º com 40 pontos, o Figueira precisa vencer o Tricolor carioca para se manter na Série A. Outro resultado diferente do triunfo confirma o descenso do clube.

 

A situação mais complicada entre os cinco é a do Goiás. Em 19º com 38 pontos, o Esmeraldino encara o São Paulo, no estádio Serra Dourada. E, para não cair, o time precisa vencer o São Paulo e torcer para que Vasco, Figueirense e Avaí não vençam seus jogos. Assim, o clube chega a 41 pontos, empatado com o Avaí, porém vence nos critérios de desempate.

 

Vice-campeonato, G-4 e oitavas da Copa do Brasil

 

Separados por apenas um ponto, Atlético-MG e Grêmio fazem uma briga particular pelo vice-campeonato do Brasileirão 2015. Com uma vitória a menos que o vice-líder, o Grêmio precisa vencer o Joinville, fora de casa, e torcer por um tropeço do Atlético-MG diante da Chapecoense, no Mineirão. Dependendo apenas de si, o Galo precisa interromper a queda de rendimento da reta final para garantir a atual posição.

 

São Paulo e Internacional lutam para saber quem será o quarto colocado e, de quebra, conquistará uma vaga na Libertadores de 2016. Em quinto lugar, com dois pontos a menos que o Tricolor Paulista, o Colorado precisa vencer o Cruzeiro a todo custo, no Beira-Rio, e torcer por uma derrota do São Paulo diante do Goiás. Em caso de empate no Serra Dourada, o Inter terá que golear o adversário mineiro por 7 gols de diferença ou mais. 

 

Projetando a próxima temporada, o quinto colocado entrará direto na fase de oitavas de final da Copa do Brasil. Atualmente, com 57 pontos, quem ocupa tal posto é o Internacional. Na cola, com um ponto a menos, está o Sport. Com 55 pontos, Santos (7º) e Cruzeiro (8º) também estão na briga. Confira o que cada equipe precisa fazer para vencer essa disputa:

 

– Internacional só depende de si. Em caso de empate contra o Cruzeiro, precisará torcer para seus concorrentes tropeçarem.

 

– Sport tem que vencer a Ponte Preta, fora de casa, e o Internacional não pode vencer. 

 

– Santos necessita da vitória em cima do Atlético-PR, na Vila Belmiro, e torcer pelos tropeços de Inter e Sport.

 

– Cruzeiro precisa superar o Inter, no Beira-Rio, e secar Santos e Sport que não podem vencer.

 

Fonte: CBF