ARACAJU/SE, 14 de julho de 2024 , 22:49:52

logoajn1

Governador assina contrato para viabilizar ponte na Coroa do Meio

O governador Fábio Mitidieri e representantes do Banco do Brasil em Sergipe, nesta quinta-feira, 20, formalizaram o contrato de operação de crédito para construção da nova ponte que ligará os bairros Inácio Barbosa e Coroa do Meio, em Aracaju. A ação deu continuidade às tratativas iniciadas na última terça-feira, 18, em Brasília, quando o Governo de Sergipe e o Banco do Brasil firmaram o compromisso financeiro para construção da obra estruturante que melhorará a mobilidade em Aracaju. Em Sergipe, a assinatura do documento contou com a  participação do gerente geral do Escritório Setor Público Sergipe do BB, Flávio Antônio Caram.

A operação de crédito de R$ 300 milhões prevê obras de infraestrutura e mobilidade como a construção do viaduto de interseção da Avenida Beira Mar com a Avenida Tancredo Neves, e a construção de uma ponte estaiada sobre o Rio Poxim, para ligação da Avenida Tancredo Neves com o Bairro Coroa do Meio. O Projeto de Lei autorizando a operação de crédito foi aprovado pela Assembleia Legislativa em maio, por maioria.

Segundo o governador, a obra possibilitará mais desenvolvimento para a capital sergipana. “É uma grande obra de mobilidade urbana que trará mais desenvolvimento econômico, geração de emprego e será, também, uma atração turística, já que é uma ponte muito bonita, estaiada e, além disso, há o viaduto que fará parte dessa obra para reforçar a mobilidade na capital”, destacou.

A operação tem a garantia da União, o que significa juros mais baixos na contratação de operações de crédito. Essa garantia da União só foi possível graças ao Estado de Sergipe estar com as contas equilibradas e ter conceito B em capacidade de pagamento (Capag B) na avaliação do Tesouro Nacional.

De acordo com Flávio Antônio Caram, a responsabilidade fiscal do Estado de Sergipe possibilita novos investimentos para o desenvolvimento do estado. “Para as a coisas acontecerem, começa com o dever de casa do Estado para poder abrir portas e ter condições de ter crédito no mercado. Nessa parceria com o Estado, a gente está muito tranquilo porque sabemos dessa capacidade.  E, para nós, pelo fato de ser uma ponte e um viaduto, tangibiliza essa conquista”, declarou o representante do Banco do Brasil.

Para o secretário executivo da Sefaz, Laércio Marques da Afonseca Junior, o ato formal reflete o compromisso com o equilíbrio das contas públicas, alinhado ao foco do desenvolvimento de Sergipe. “Para uma operação de crédito, tem que se haver a certeza de que o Estado tem capacidade de honrar os compromissos que ele já traz do passado, dos compromissos fixos e esse novo compromisso que está sendo assumido com o intuito de viabilizar o investimento em infraestrutura, o que trará mais emprego e desenvolvimento econômico paro o estado”, reforçou.

Nos últimos meses, o governo tem buscado recursos para desenvolver o estado por meio de obras e de programas de fomento. Fábio Mitidieri pontuou como determinante a organização do Estado para concretização desses investimentos. “Boas práticas de gestão permitem fazer também grandes investimentos em infraestrutura. Aqui, a gente celebra não apenas a assinatura para viabilizar uma obra, mas uma realização a partir do dever de casa que foi feito, o que nos permite chegar, hoje, e  dizer que estamos, literalmente, vivendo um novo momento”, enfatizou o governador.

Estrutura 

O secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura (Sedurbi), Luiz Roberto Dantas, explicou que a ponte se estenderá do final da avenida Tancredo Neves até a lateral da rua Antônio Maia, localizada na Coroa do Meio. “São duas estruturas, uma do viaduto na Beira Mar, e o acesso à ponte se dará por baixo dessa estrutura, iniciando ali depois da Codevasf e chegando antes da ponte Juscelino Kubitschek, que está sendo duplicada. A Tancredo Neves passará por baixo dessa estrutura, saindo do bairro Inácio Barbosa, e indo até a Coroa do Meio, justamente naquele terreno onde, anteriormente, se montavam barracas para comercialização de fogos de artifício, na lateral da Antônio Maia, na qual haverá todo o circuito pela rua Delmiro Gouveia para o acesso à Coroa do Meio”, detalhou o gestor da Sedurbi.

Conforme Luiz Roberto, além de interligar dois importantes bairros da cidade, a obra vai oferecer mais uma opção de acesso à rede hoteleira de Sergipe, impactando positivamente também no turismo do estado. “Na rota de entrada da cidade, para quem vai para rede hoteleira, que está concentrada 95% na praia de Atalaia, e vem pela Tancredo Neves, terá dois acessos, podendo seguir pela avenida Paulo Barreto de Menezes, na avenida Beira Mar, ou podendo atravessar e ir pela Delmiro Gouveia. Então é mais uma opção rápida para quem entra na cidade pela Tancredo Neves, que é um grande corredor de  Aracaju. O grande objetivo é a mobilidade naquela localidade, mas há, ainda, o embelezamento que teremos na região, com uma ponte estaiada, a qual deverá ser mais um cartão postal de  Aracaju”, vislumbrou.

Brasília

Na terça-feira, em Brasília, o contrato foi assinado pelo governador Fábio Mitidieri e a presidente do Banco do Brasil, Tarciana Medeiros, o ministro dos Transportes, Renan Calheiros Filho, e os secretários de Estado da Fazenda, Sarah Andreozi e da Casa Civil, Jorginho Araujo. A assinatura aconteceu na sede do Consórcio Nordeste, na capital federal, onde governadores da região estiveram reunidos.

Presenças

Nesta quinta-feira, a formalização do contrato em nível estadual contou com a presença dos secretários de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seasc), a primeira-dama Érica Mitidieri, da Casa Civil, Jorginho Araujo, da Educação e Cultura, o vice-governador Zezinho Sobral, do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura, Luiz Roberto Dantas, e de Governo, Cristiano Barreto; o procurador-geral do Estado, Carlos Pinna Junior, o secretário executivo da Sefaz, Laercio Marques da Afonseca Junior; o secretário-chefe do Gabinete de Gestão das Contratações, Licitações e Logística, Walter Pereira Lima; a subsecretária de Tesouro e Orçamento da Sefaz, Lígia Helena da Cruz Ourives; a assessora Sefaz, Caroline Rolemberg Dantas Melo; e os gerentes de Relacionamento Governo BB, Edenia Magna Teodoro dos Santos, Neila Karolina Mendes Lira, Anselmo Figueiredo Oliveira e Marcos Paulo Monteiro Ferreira.

Você pode querer ler também