Após assassinato de detento, agentes apreendem chuços

 

Da redação, AJN1

Após o assassinato do interno Kleber Lima, 29, que foi morto a golpes de chuço no Pavilhão “A”, do Presídio Regional juiz Manoel Barbosa de Souza (Premabas), agentes penitenciários e guardas prisionais realizaram uma revista na área e apreenderam três chuços – armas brancas de fabricação artesanal – oito aparelhos celulares e três carregadores. A ação aconteceu na tarde deste domingo (13).

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação (Ascom) da Secretaria Estado da Justiça (Sejuc), no Pavilhão “A” estão recolhidos 100 internos. Com relação ao assassinato, os três suspeitos da autoria do homicídio, que não tiveram as identificações divulgadas, foram encaminhados para o Complexo Penitenciário advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no bairro Santa Maria, em Aracaju. A transferência ocorreu por questão de segurança, pois o crime causou revolta entre outros presos.

As circunstâncias e a motivação do crime estão sendo investigados pela equipe da Delegacia Regional de Tobias Barreto. Além disso, a direção do presídio instaurou procedimento administrativo para apurar o caso.