Arrastão em ônibus termina com um morto e dois feridos

Da redação, AJN1

 

Um homem identificado pela polícia como sendo Sílvio Cavalcanti, 18, foi morto e outros dois saíram feridos a tiros depois de participarem de um arrastão no ônibus da empresa Progresso que faz linha Luiz Alves/zona oeste, prefixo 5291. O fato aconteceu por volta das 6h30 desta quinta-feira (30), na rodovia João Bebe Água, em São Cristóvão. A informação é que no momento da fuga, o grupo responsável pelo assalto foi surpreendido por um homem que estava em uma moto e efetuou vários disparos. Até ontem (29), haviam sido registrados 1.020 assaltos a ônibus na capital e Grande Aracaju.

 

Segundo testemunhas, o grupo embarcou no ônibus no terminal de integração Leonel Brizola – zona oeste. No percurso para São Cristóvão, já na rodovia João Bebe Água, no Rosa Elze, cerca dez homens, de posse de armas brancas, passaram a ameaçar e agredir os passageiros.

 

Durante a ação, os desconhecidos roubaram bolsas, carteiras e aparelhos celulares. Alguns passageiros saíram feridos com cortes pelo corpo. Ao abordar a cobradora, um dos homens reclamou que o dinheiro encontrado era pouco e determinou que deveriam matá-la, juntamente com o motorista. Diante das ameaças, o motorista parou o ônibus no conjunto Luiz Alves e os desconhecidos começaram a descer do veículo.

 

Neste momento, um homem, ainda sem identificação que teria observado a movimentação e estava em uma moto, passou a atirar contra os assaltantes. Um deles foi baleado e morreu nas imediações de uma escola do conjunto. Outros dois envolvidos no arrastão, ainda não identificados pela polícia, foram baleados, enquanto os comparsas conseguiram fugir.

 

Equipes da Polícia Militar estiveram na localidade, juntamente com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que encaminhou os feridos para o Huse. Existem informações, que ainda estão sendo investigadas pela polícia, que o autor dos tiros faz parte de um grupo rival que atua na localidade.