ARACAJU/SE, 19 de maio de 2024 , 2:57:52

logoajn1

Cearense é preso pela Polícia Federal ao transportar 630 Kg de maconha

Da redação, AJN1

 

O cearense Sérgio Roberto Monteiro da Silva, de 36 anos, foi preso na tarde de ontem (24) pela Polícia Federal (PF), após ter sido flagrado conduzindo o caminhão carreta de placa PMQ 7334/CE na rodovia de acesso à cidade de Lagarto, onde estavam escondidos cerca de 630 quilos de maconha, tipo prensada. O curioso é que o infrator faz anoversário nesta terça-feira (25).

Os detalhes da ocorrência foram pormenorizados pelo agente federal Márcio Lopes, vinculado à Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE). Segundo ele, a apreensão da droga faz parte de uma operação desencadeada durante o último final de semana no Sertão e Agreste sergipanos.

“Dando sequência a esse trabalho, realizamos uma operação tanto em Simão Dias como em Lagarto. Começando por Simão Dias e depois seguimos pela SE-270, uma estrada estadual, montando uma barreira próximo a Lagarto. Os agentes, então, deram voz de parada ao cearense Sérgio Roberto, que conduzia, sem passageiros, o caminhão com placas de Fortaleza. Durante a abordagem, o motorista respondeu algumas perguntas de maneira contraditória, além de aparentar muito nervosismo, despertando atenção dos policiais”, explica Márcio Lopes.

Foi aí que os policiais perceberam que havia algo errado e deflagraram uma busca minuciosa no interior do caminhão, onde foram encontradas caixas de madeira para o transporte de hortaliças. “Embaixo dessas caixas estava ocultada a droga, cerca de 630 quilos de maconha”, disse Lopes, ao afirmar que, com essa apreensão, chegam a 5,5 toneladas o número de drogas apreendidas pela PF no Estado este ano.

Origem

Segundo Márcio Lopes, a droga retida seria proveniente de São Paulo e abasteceria o mercado ilícito em Sergipe, além de outros Estados da região Nordeste.

O cearense Sérgio, segundo a PF, não tinha passagem pela polícia, o que abriria brechas para deduzir que ele não seria o proprietário do entorpecente.

 

Sérgio será indiciado pelo crime de tráfico de drogas e permanece preso na carceragem do Complexo de Operações Especiais, à disposição do juízo da comarca de Lagarto.

 

Fotos: Diógenes Di/CS

Você pode querer ler também