ARACAJU/SE, 19 de abril de 2024 , 5:11:56

logoajn1

Corpo de segurança particular é sepultado na capital

Da redação, AJN1

 

O corpo do segurança particular Nilton César dos Santos, 45, que foi assassinado com um tiro na cabeça, foi sepultado no final da manhã de hoje (2) no cemitério São João Batista, em Aracaju. O crime aconteceu por volta das 6 horas desta quarta-feira, após um desentendimento relacionado a som alto em um posto de combustíveis em Rosário do Catete. Nilton chegou a ser encaminhado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde veio a óbito no final da tarde.

 

De acordo com policiais militares, Nilton fez parte da equipe de segurança privada que trabalhou na abertura dos festejos juninos de Rosário, que aconteceu na noite de terça-feira na praça de eventos. No início da manhã de ontem, após o encerramento da festa, ele estava em um posto de combustíveis quando se desentendeu com um homem, ainda sem identificação por parte da polícia, por conta de um som alto.

 

Na confusão, Nilton foi surpreendido por um desconhecido, que se aproximou e efetuou um tiro na nuca. Em seguida, o criminoso fugiu em companhia de outro homem, que estava em uma moto. A vítima foi encaminhada ao Huse, mas veio a óbito horas depois.

 

O caso está sendo investigado pelo delegado do município, Adelmo Pelágio, que ainda não dispõe de pistas da autoria do crime. Como existem câmeras de segurança no posto de combustíveis, a expectativa é que as imagens  ajudem na identificação do autor dos disparos e do homem que auxiliou na fuga.

Você pode querer ler também