CPMC apreende segundo envolvido na execução de cobrador de ônibus

Da redação, AJN1

 

A equipe do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC) apreendeu no final da manhã de hoje (15) um adolescente que pode ser um dos envolvidos no latrocínio que vitimou o cobrador de ônibus David Jonathan Barbosa, 26. A apreensão, coordenada pelo chefe do CPMC, coronel Vivaldy Cabral, aconteceu no conjunto Veneza depois que os militares receberam informações sobre o local onde o acusado estava escondido.  O suspeito foi encaminhado até a Delegacia de Combate a Roubos a Ônibus, onde será ouvido pelo delegado Marcelo Cardoso.

 

O roubo ao ônibus da empresa Atalaia, que terminou na execução do cobrador, aconteceu na tarde da última quarta-feira (13), no bairro Jardim Centenário, zona oeste da capital, e foi praticado por três homens, dois deles adolescentes. Na ação criminosa foi roubado pouco mais de R$ 40 referente a renda do ônibus e pertences de dois passageiros.

 

Horas depois do crime, equipes das polícias Civil e Militar apreenderam o adolescente de 17 anos, que confessou ser o autor do disparo que matou a vítima. O acusado estava escondido na casa de uma tia no Parque São José, em Nossa Senhora do Socorro. Ao ser interrogado, ele tentou justificar o crime, alegando que atirou no cobrador para ameaçar o motorista, que teria demorado a parar e abrir a porta do ônibus. O adolescente também delatou os comparsas, que tiveram a prisão e apreensão decretadas pela justiça.

 

A morte do cobrador revoltou os rodoviários, que paralisaram as atividades durante toda a quinta-feira (14), e provocou comoção entre os sergipanos. Milhares de pessoas acompanharam o enterro de David Jonathas, que deixou viúva e um filho de três anos.