ARACAJU/SE, 18 de maio de 2024 , 4:49:46

logoajn1

Delegacias da capital são alvos de vistoria da Vigilância Sanitária municipal

Os fiscais da Coordenação de Vigilância Sanitária do Município de Aracaju (Covisa), que faz parte da Diretoria de Vigilância em Saúde da SMS, fizeram na última seguda-feira uma inspeção nas instalações da 8ª Delegacia Metropolitana, no bairro Capucho, Zona Oeste da capital. A atividade faz parte de um cronograma, no qual cinco delegacias serão visitadas.

 

Segundo o coordenador da Covisa, Ávio Britto, esta ação atende uma determinação do juiz substituto, Edno Aldo Ribeiro, mediante a solicitação do promotor de Justiça do Ministério Público Estadual, Luiz Cláudio Almeida.

 

“Esta é a segunda delegacia que visitamos, ainda iremos nas 2ª, 4ª e 10ª DM. Após o término deste processo, enviaremos à Justiça um relatório da situação que encontramos em cada uma delas. A vistoria acontece nas celas de delegacias de polícia não interditadas, com o objetivo de avaliar a existência de condições mínimas de higiene sanitária para abrigar seres humanos”, pontuou.

 

A visita realizada na manhã de ontem foi acompanhada pelo chefe de custódia da delegacia. Segundo o gerente de Serviços de Interesse à Saúde da Covisa, Lucas Nogueira, algumas adequações serão necessárias e isto será pontuado no relatório.

 

“Encontramos a área de custódia relativamente limpa, mas ainda assim necessitando de alguns reparos. Uma situação bem diferente da que vimos na 1ª DM, que se encontra em condições precárias de funcionamento e de higiene. Acredito também que por conta da quantidade de presos. Ontem registramos aqui cinco custodiados, divididos em duas celas, uma está vazia e a outra serve como depósito para materiais apreendidos. Já na 1ª Delegacia constatamos 21 presos divididos em quatro celas”, ressaltou.

Você pode querer ler também