ARACAJU/SE, 20 de julho de 2024 , 1:19:48

logoajn1

Denarc descobre plantação de maconha em imóvel da capital

Uma denúncia anônima levou a equipe do Departamento de Narcóticos (Denarc) a prender, na tarde de ontem (12), o servidor público Glauber Rodrigues, 30. Ele é acusado de cultivar maconha em um imóvel no conjunto Sol Nascente, em Aracaju. No local foram encontradas dezenas de mudas e vários pés da Canabis que mediam mais 1,5 metro de altura. No imóvel também foi apreendido uma balança de precisão e um caderno com várias anotações. Glauber foi autuado em flagrante por tráfico.

 

O diretor do Denarc, delegado Osvaldo Rezende, disse que o ponto de partida para prisão do acusado foi uma informação passada através do número 181 (Disque Denúncia), indicando um suposto cultivo de maconha em um imóvel no Sol Nascente. Os policiais iniciaram os levantamentos e após confirmar a denúncia passaram a aguardar o melhor momento para realizar abordagem, o que aconteceu na tarde de ontem.

 

No momento da prisão Glauber não ofereceu resistência. O que chamou a atenção da equipe do Denarc foi o sistema montado para produção da droga. O local era dotado de duas estufas com temporizador para controle da luminosidade e vaporizador. Além de fertilizantes específicos para o cultivo da droga. As sementes também eram selecionadas da denominada “cabeça de camarão”, que possui o THC mais concentrado. No imóvel foram apreendidos 15 pés de maconha, já próximo da fase de colheita, e dezenas de mudas.

 

Para o delegado Osvaldo Rezende as provas são suficientes para indiciar o servidor público por dois crimes previstos na Lei 11.343, que trata do tráfico de entorpecentes. A primeira é plantar a maconha – ação equiparada ao próprio tráfico de drogas -, e pela utilização de equipamentos específicos para cultivar e preservar a plantação.

 

* Com informações da Ascom SSP

Você pode querer ler também