ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 14:00:28

logoajn1

DHPP investiga assassinato no Augusto Franco

 

Da redação, AJN1

A equipe do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), coordenada pelo delegado Mário Carvalho Leony, investiga o assassinato do transexual Tenisson Rocha Melo ou Denise Sollony, 53. Ele foi morto a tiros no interior da casa onde morava na rua I-2 no conjunto Augusto Franco, zona sul da capital. O crime aconteceu no final da noite do sábado (24) e foi praticado por dois homens, que estavam em uma moto de cor branca, ainda sem identificação por parte da polícia.

O delegado preferiu não passar detalhes sobre o andamento do caso, mas revelou que a polícia já tem uma linha de investigação. Ele não descartou a possibilidade de ter sido um crime transfóbico. “Infelizmente Aracaju não está apartada desta triste realidade da transfobia e intolerância contra as pessoas trans”, lamentou Mário Carvalho Leony, acrescentando que imagens das câmeras de segurança de imóveis próximos a residência da vítima já foram solicitadas e podem auxiliar na identificação dos criminosos. Ele também pediu o apoio da população.

Os primeiros levantamentos realizados pela polícia indicam que, a vítima estava em casa, juntamente com o companheiro, quando foi surpreendida por pelos disparos efetuados por um homem. Imagens de câmeras de segurança, mostram o desconhecido pulando o muto do imóvel. Os disparos foram efetuados pela grade e Tenisson foi alvejado com cinco deles. A vítima teve morte no local, enquanto o companheiro dele foi atingido com um tiro de raspão encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

O corpo de Tenisson foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) Dr. Augusto Leite e depois de necropsiado, liberado para o sepultamento, que aconteceu neste domingo (25).

Você pode querer ler também