ARACAJU/SE, 18 de julho de 2024 , 8:32:12

logoajn1

Empossados 120 novos policiais civis que trabalharão no interior do Estado

O governador Jackson Barreto assinou na manhã desta quarta-feira (30), em uma solenidade no teatro Tobias Barreto, o decreto nomeando 100 agentes e 20 escrivães de Polícia Civil aprovados em um concorrido concurso público realizado no ano de 2014. Os novos policiais serão empossados de forma gradativa, obedecendo um cronograma que segue de 2 de maio a 1º de agosto deste ano. Os novos policiais vão reforçar a segurança pública dos municípios do interior.

 

De acordo com o coordenador das Delegacias de Polícia Civil do Interior (Copci), delegado Fábio Pereira, os agentes vão trabalhar em cidades cuja presença da Polícia Judiciária é inexistente e reforçar outros municípios carentes do serviço investigativo.

 

“Esses policiais vão para cidades como Indiaroba, Cristinápolis que hoje não conta com agentes para sequer entregar uma intimação. Será um ganho muito grande para a população”, disse.

 

O delegado geral, Alessandro Vieira, confirmou que os novos agentes e escrivães vão dobrar a presença da Polícia Civil no interior do Estado.

 

“Acompanhei esse concurso desde o início e isso me permite fazer os devidos agradecimentos ao governador Jackson Barreto, que agiu como um homem público de visão. Em nenhum momento faltou apoio do Governo do Estado para realizar esse concurso, apesar das restrições financeiras que são notórias. Os senhores terão uma grande missão no interior do Estado, conto com permanência e persistência de vocês”, disse Vieira.

 

Para o secretário de Segurança Pública, João Batista Santos Júnior, o dia 30 de março é um dia histórico para a Polícia Civil de Sergipe. “São 15 anos sem concurso e esta ação resgata a identidade da instituição; uma identidade antes inexistente por falta de pessoal. Com a chegada desses 120 e com a perspectiva de oxigenar com os [333] que já foram formados, nós estamos efetivamente reconstruindo a Polícia Civil em Sergipe”, atestou Batista.

 

Fonte: SSP

Você pode querer ler também