ARACAJU/SE, 22 de julho de 2024 , 13:51:24

logoajn1

Gati desarticula grupo criminoso que agia no interior do Estado

 

Policiais militares do Grupo de Ações Táticas do Interior (GATI) prenderam três indivíduos e apreendeu um adolescente de 16 anos, todos estão envolvidos em associação criminosa para a prática de diversos assaltos no interior sergipano. Destes, três foram detidos na cidade de Divina Pastora, o quarto integrante foi preso no município de Siriri, na tarde dessa quinta-feira, 25.

Material apreendidoApós levantamentos do núcleo de inteligência do GATI, equipes se deslocaram até o assentamento Flor do Mucuri II, localizado no povoado Bonfim, em Divina Pastora. No local apreenderam o adolescente de 16 anos e efetuou as prisões de Bruno Santos da Piedade, vulgo 'Bruno do Bonfim' e Wendel Santos Nogueira, vulgo 'Nininho', ambos com 19 anos. Wendel Santos foi flagrado com uma arma tipo garrucha de fabricação caseira e 16 trouxas de maconha.

O indivíduo identificado como Daniel Inácio Couto, vulgo 'Daniel Fonhê' foi capturado em via pública, no povoado Siriba, localizado em Siriri, portando um facão na cintura. Todos os presos, exceto Wendel Santos, estavam com mandados de prisão e apreensão expedidos por associação criminosa, sob a acusação de protagonizar mais de 30 vítimas em ocorrências de roubos à mão armada, praticados em veículos de transporte alternativo intermunicipal, empresas terceirizadas da Petrobras e na fábrica de cimento Cimesa, localizada no município de Laranjeiras.

Segundo informações da PM, existiam 26 boletins de ocorrência registrados contra o grupo, além de 15 autos de reconhecimento dos suspeitos, confeccionados pelas vítimas. Além da droga e da arma de fogo, as equipes do GATI aprenderam foices, facões, machado, chaves de fenda, canivetes, celulares, uma farda com logotipo da Petrobras e uma motocicleta XLR de cor azul. O caso foi encaminhado à 3ª Delegacia Metropolitana, para as providências cabíveis.

 

Com informações da SSP

Você pode querer ler também