ARACAJU/SE, 16 de abril de 2024 , 1:33:01

logoajn1

Homem é executado a tiros e tem corpo carbonizado

Da redação, AJN1

 

Um homem identificado pela polícia apenas pelo prenome Daniel foi executado a tiros e depois teve o corpo carbonizado no interior de um barraco na ocupação do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (Motu) na Barra dos Coqueiros. O crime aconteceu por volta das 21 horas desta segunda-feira (20) e foi o preciso a intervenção do Corpo de Bombeiros para controlar o incêndio, que atingiu o barraco vizinho ao da vítima.

 

De acordo com policiais, a vítima estava sozinha no local, quando foi surpreendida pelos desconhecidos e alvejada a tiros. Após o crime, um dos assassinos teria fotografado o corpo e publicado em uma rede social. Depois disso, eles teriam ateado fogo no barraco e fugiram tomando rumo ignorado. As chamas carbonizaram a vítima e a atingiram um barraco vizinho.

 

O incêndio mobilizou os moradores da ocupação que agiram rápido para impedir que o fogo se alastrasse por toda a ocupação. As chamas só foram debeladas com a chegada de uma Corpo de Bombeiros.  A vítima foi encontrada carbonizada em meio aos escombros do barraco e foi solicitada a presença das equipes da Criminalística e do Instituto Médico Legal (IML) para fazer a remoção do corpo.

 

Até o momento a polícia não dispõe de pistas da autoria do homicídio. Segundo o chefe do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), tenente-coronel Vivaldy Cabral, existe a possibilidade do crime ter relação com as drogas. Familiares revelaram que a vítima era uma “pessoa boa e trabalhadora, que pegava fretes no Ceasa em Aracaju".

Você pode querer ler também