ARACAJU/SE, 22 de abril de 2024 , 16:48:45

logoajn1

Homem que matou professor é transferido para Sergipe

Da redação, AJN1

 

Preso no início do mês na cidade mineira de Iturama, Jenilton dos Santos Costa, que é acusado de ser autor do latrocínio que vitimou um professor em Maruim, foi transferido para Sergipe. O crime aconteceu no início de janeiro, em Maruim. O acusado teria matado o professor Gilvan Cardoso, 45, a golpes de martelo para roubar aparelhos eletroeletrônicos e um carro.

 

De acordo com o delegado Desckson Castro, no início deste ano, Jenilton teria sido contratado pelo professor para realizar serviços em sua residência em Maruim. Na versão do acusado, Gilvan acabou pagando apenas parte do valor acordado. “Jenilton alega que ficou inconformado com a situação e passou a agredir o professor. Houve reação e dois travaram luta corporal", contou o delegado, acrescentando que o acusado se armou com um martelo e passou a golpear a vítima, que teve a cabeça esfacelada.

 

Vizinhos da vítima chegaram a ir até a frente do imóvel para verificar o que estava acontecendo. Mas, agindo com frieza, o acusado esperou eles deixassem o local para fugir. Antes, Jenilton recolheu as imagens das câmeras de segurança e vários eletroeletrônicos, que foram transportados no carro do professor até o município alagoano de Feliz Deserto. Lá, o acusado vendeu o carro e o material roubado e fugiu para Minas Gerais onde passou a morar com a mulher e o filho.

Através do depoimento de populares, a polícia chegou a identificação de Jenilton, que acabou localizado por manter contato com uma amante que residia em Maruim. As informações sobre o paradeiros do acusado foram repassadas a polícia mineira, que efetuou a prisão. Além do latrocínio, Jenilton é apontado como autor do assassinato de um ex-presidiário identificado apenas por Valtermir. O homicídio teria sido motivado por um desentendimento entre os dois.

Você pode querer ler também