ARACAJU/SE, 18 de junho de 2024 , 2:03:45

logoajn1

IML registra sete mortes violentas nas últimas 24 h em Sergipe

 

Da redação, AJN1

Sete mortes violentas foram registradas nas últimas 24 horas pelo Instituto Médico Legal (IML) em Sergipe. Foram quatro vítimas de homicídios, uma de acidente no trânsito e duas por causa da morte ainda indeterminada. No conjunto Fernando Collor, em Nossa Senhora do Socorro, Willian Santos Andrade, 24, foi morto a tiros em frente a casa onde residia por dois desconhecidos.

De acordo com policiais, o crime aconteceu na noite desde domingo (23). Depois de para o carro em frente de casa, a vítima retirava alguns objetos do porta-malas, quando foi surpreendido por dois homens, um deles armado, que anunciaram o assalto.

Enquanto um dos criminosos recolhia dinheiro e objetos de valor, o outro mantinha a arma apontada para cabeça de William. Mesmo sem esboçar reação, a vítima foi alvejada a tiros e morreu depois de receber atendimento no Hospital José Franco, no conjunto Marcos Freire II.

Já os criminosos fugiram em veículo Punto, que estava parado nas imediações. A polícia foi acionada e uma equipe do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) esteve na localidade realizando levantamentos, mas não conseguiu pistas dos desconhecidos.

Em Aracaju, na avenida Rio de Janeiro, no semáforo do cruzamento com a Saneamento, o ex-presidiário Edmilson Messias Porto Júnior, 26, que foi executado a tiros quando trafegava no Gol, vermelho, de placas JNG-4662. De acordo com policiais, a vítima estava na companhia de outra pessoa e trafegava pela avenida sentido avenida Tancredo Neves. Ao parar o veículo no sinal, ela foi surpreendida por dois homens em uma moto Honda XRE 300. O carona estava armado e efetuou vários disparos contra a vítima, que teve morte no local.

Edmilson era condenado a mais de seis anos de prisão por envolvimento em um roubo a moto ocorrido no bairro Atalaia. Há quatro meses, ele havia sido beneficiado com a progressão de regime depois de passar pouco mais de nove preso.

Na Barra dos Coqueiros, uma mulher, ainda sem identificação, foi morta a tiros. Em outra área, no Canal do Guaxinim, Felipe da Silva Santos, 24, foi vítima de arma de fogo.

 

Você pode querer ler também