ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 1:41:50

logoajn1

IML registra três mortes violentas em 24 horas

Da redação, AJN1

O Instituto Médico Legal (IML) registrou três mortes violentas nas últimas 24h em Sergipe, sendo duas por homicídios e uma por asfixia. Em Pedrinhas aconteceu uma tragédia familiar, quando uma mulher de 19 anos dormia com a filha de dois meses e de forma involuntária acabou ficando sobre ele, que morreu por asfixia. A vítima foi identificada como Maria Júlia dos Santos .

O fato aconteceu nesta quinta-feira (18), na residência da família no bairro Matadouro. A informação da 2ª Companhia do 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM) é que o caso só foi descoberto no início da manhã desta quinta-feira (18), quando a mulher acabou e percebeu que a filha estava morta.

Os militares estiveram no imóvel e solicitaram as presenças das equipes da Criminalística e do IML, que realizaram a perícia no local e removeram o corpo para ser necropsiado. O caso será investigado pela Delegacia de Pedrinhas.

Homicídios

Em Capela, José Wilton Barros dos Santos, 36, foi alvejado a tiros durante uma troca de tiros com policiais civis e morreu ao receber atendimento médico no Hospital São Pedro de Alcântara.

A informação é que a equipe da Polícia Civil realizava uma operação para cumprir mandado de prisão contra José Wilton, que era suspeito de liderar o tráfico de drogas na região. Durante a abordagem, o acusado teria reagido e passou a atirar contra os policiais. Houve o revide e ele acabou baleado e morto.

Outro homicídio aconteceu na cidade de Propriá. Otião dos Santos Silva, 17, foi morto a tiros na rua H do bairro Fernandes. As circunstâncias do crime ainda estão sendo apuradas pela polícia.

Você pode querer ler também