ARACAJU/SE, 18 de junho de 2024 , 0:05:33

logoajn1

Bandidos tombam em confronto com a polícia

 

Da redação, AJN1

O ex-presidiário Weslley Mota Santos e outro homem de prenome Lucas foram mortos e o motorista Márcio José Vieira dos Santos acabou preso após uma troca de tiros com as equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Setor de Roubos e Furtos da Delegacia Regional de Estância. A ação aconteceu na noite desta segunda-feira (14) na BR-101, no trecho povoado Piçarreira em Santa Luzia do Itanhy, depois que os policiais interceptaram o táxi Classic, branco, de placas QKO-9344/SE, de Nossa Senhora do Socorro.

O trio é suspeito de integrar um grupo criminoso que vinha praticando assaltos a ônibus escolares e que fazem o transporte interestadual de passageiro, além de ter invadido uma escola no bairro Alecrim, em Estância, onde por pouco uma aluna não foi executada. Com os acusados foram encontrados três aparelhos celulares, uma escopeta calibre 12 de fabricação caseira e um revólver calibre 38.

De acordo com policiais, o trio vinha sendo investigado há mais de dois meses. Weslley seria o líder de uma quadrilha que vinha agindo na região de Cristinápolis, cujos comparsas foram presos em Socorro, no início do mês passado, pelo Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRb) depois de assaltar o ônibus da empresa Águia Branca, na BR-101, em Indiaroba.

Nos levantamentos realizados pela Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) se chegou a informação que os criminosos, que estavam em um táxi de Nossa Senhora do Socorro, planejavam praticar assaltos na rodovia federal em Santa Luzia do Itanhy. Diante da situação, equipes do Cope e da Regional de Estância montaram uma operação na tentativa de capturar os suspeitos.

O Classic, que faz linha para o conjunto Jardim, foi localizado nas imediações do povoado Piçarreira, em Santa Luzia do Itanhy. No momento em que o motorista reduziu a velocidade para passar em uma lombada eletrônica, os policiais tentaram interceptar o veículo. No entanto, Weslley, que estava no banco do carona, sacou o revólver calibre 38 e atirou contra os policiais. Houve o revide e ele acabou baleado. Já Lucas, que portava uma escopeta de fabricação caseira, também foi alvejado. O motorista, que não estava armado, se entregou.

Os dois feridos foram encaminhados até o Hospital Regional de Estância, onde não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), em Aracaju, para serem necropsiados, enquanto o motorista foi levado até a delegacia, onde foi autuado em flagrante.

Além do assalto ao ônibus da Águia Branca, teria sido Wesley, juntamente com Lucas, quem invadiu a escola municipal Zarria Gabriel Jasmim, localizada no bairro Alecrim. Na ação criminosa no dia 27 de julho, alunos e funcionários foram mantidos como reféns e um adolescente foi atingido com um tiro de raspão na cabeça. Os dois também eram apontados como autores do assalto ao ônibus escolar registrado no dia 10, em Cristinápolis, quando uma criança foi espancada.

Você pode querer ler também