ARACAJU/SE, 20 de julho de 2024 , 0:55:43

logoajn1

Micro-ônibus que se envolveu em colisão em Minas Gerais era clandestino, diz PRF

12/06/2015

14h30

Por Joângelo Custódio

 

 

A Polícia Rodoviária Federal informou nessa quinta-feira (11), que o micro-ônibus que se envolveu numa colisão em Minas Gerais na última terça-feira (9), estava sem o registro na Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), o que o torna clandestino e impossibilitado de trafegar em rodovias. 

 

Para o policial rodoviário Anderson Sales, o responsável pelo micro-ônibus da empresa será autuado criminalmente pelas consequências da tragédia. “A PRF está incumbida de concluir o laudo e, assim que estiver finalizado, vamos protocolar na delegacia de polícia do estado de Minas Gerais e também no Ministério Público para que as autoridades judiciais tomem conta do caso”.

 

Acidente

 

Na última terça-feira (9) um grave acidente envolvendo um micro-ônibus com placa de Carira (SE) e uma carreta bitrem, com placa de Três Marias (MG), deixou quatro mortos e 20 feridos. A colisão frontal aconteceu por volta das 16h, no km 297 da BR-365, entre São Gonçalo do Abaeté e Luizlândia do Oste, municípios situados em Minas Gerais.

 

O micro-ônibus seguia da cidade de Guarulhos (SP) com destino a Carira, município situado na região Agreste de Sergipe, e levava 22 passageiros, além do condutor. 

 

Nesta colisão, morreram José Raimundo Ribeiro de Souza, 47, condutor do micro-ônibus, e os passageiros José Luciano Santos Filho, 31, Genivaldo Siqueira Campos, 58, e Maria de Lourdes de Jesus, 54.

 

Foto: Infonet

 

Você pode querer ler também