ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 13:36:05

logoajn1

Microempresário que ameaçou oficial de justiça é preso com três pistolas

Da redação, AJN1

Acusado de ameaçar e atentar contra a vida de um oficial de justiça, o microempresário Adilson Silva, 45, foi preso quando mantinha em sua residência no condomínio Atlantic Beach II no Mosqueiro, na zona de expansão de Aracaju, três pistolas calibre 380 e mais de 40 munições. Ação aconteceu no início da manhã de hoje (12), durante uma operação para o cumprimento do mandado de busca e apreensão expedido pela 8ª Vara Criminal, que envolveu as equipes Delegacia Especial de Turismo (Detur), Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (Copcal) e Grupamento Especial de Repressão e Busca (Gerb).

De acordo com o delegado especial de Turismo, Aberlardo Inácio, há alguns dias um oficial de justiça registrou queixa denunciando o microempresário por ameaça e tentativa de homicídio. O fato teria ocorrido durante uma das tentativas de intimar Adilson Silva, que responde a processos na esfera cível. A vítima contou que ao solicitar que assinasse a intimação, foi ameaçado pelo microempresário, que estava armado.

Temendo por sua vida, o oficial de justiça deixou o local e seguiu de carro pela avenida Inácio Barbosa, sendo perseguido pelo acusado, que estava em uma caminhonete e conseguiu interceptá-lo nas imediações do condomínio Riviera. No relato que fez a polícia, o oficial de justiça ressaltou que o microempresário desceu do veículo de arma em punho e atirou em sua direção, no entanto a munição falho. A vítima foi buscar abrigo em um condomínio e o acusado fugiu.

O caso passou a ser investigado pela equipe do delegado Abelardo Inácio, que ouviu testemunhas e coletou imagens das câmeras de segurança dos condomínios. No andamento do inquérito foi solicitado ao juízo da 8ª Vara Criminal um mandado de busca e apreensão para que se pudesse localizar a arma do acusado. Na manhã desta quarta-feira, ao cumprir a ordem judicial, as equipes da Polícia Civil acabaram encontrando três pistolas na casa do microempresário.

Adilson Silva foi preso por posse ilegal de armas e autuado em flagrante na Detur. “Na casa do suspeito foram encontradas três pistolas. Ele estava armado de forma desnecessária. Não tem porque um microempresário ter tanto armamento em casa e ter cometido uma gravidade dessas, afrontando o poder judiciário e o sistema de justiça, quando era intimado a responder um processo cível”, ressaltou o delegado. O crime é afiançável, mas o delegado ainda não definiu o valor.

Você pode querer ler também