ARACAJU/SE, 20 de abril de 2024 , 7:19:19

logoajn1

Mulher atropelada por quadriciclo é transferida para UTI do Hospital Primavera

Da redação, AJN1

 

Ainda é grave o estado de saúde de Livian Cristina da Conceição M. Maia, 21, que foi atropelada por um quadriciclo quando descansava em uma rede com o filho de nove meses. O fato aconteceu no último domingo (24) em Pirambu. Na noite desta segunda-feira (25), Livian foi transferida da área vermelha do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju, para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Primavera. O corpo do filho de Livian, Benjamin Maxwell Maia, que morreu no local, foi sepultado ontem na capital.

 

A tragédia aconteceu no início da tarde do último domingo (24) nas imediações do restaurante Estação Verão, em Pirambu. A informação é que Livian e o bebê estavam em uma rede armada entre alguns coqueiros, quando foram atingidos pelo quadriciclo conduzido por Fernanda Silva de Oliveira.

 

Testemunhas alegam que a mulher trafegava pela praia em alta velocidade, levando uma pessoa na garupa, e teria perdido o controle da direção do veículo, que foi em direção aos coqueiros e bateu na rede, lançando mãe e filho por vários metros.

 

Benjamin teve morte no local, enquanto Livian sofreu várias lesões na cabeça e foi encaminhada, inicialmente, por populares para o hospital do município. Devido a gravidade dos ferimentos, a vítima foi transferida para o Huse, onde ficou internada na área vermelha e, ontem, removida para UTI do Primavera.

 

A condutora do quadriciclo foi presa por uma guarnição da Polícia Militar e autuada em flagrante por homicídio e lesão corporal culposos na Delegacia Plantonista Norte, em Aracaju.

 

Em seu depoimento, Fernanda alegou subiu no quadriciclo apenas para tirar fotografias. Ela teve a liberdade provisória concedida pelo juízo da Comarca de Japaratuba, que arbitrou a fiança no valor de R$ 8.880, o que equivale a dez salários mínimos.

Você pode querer ler também