ARACAJU/SE, 17 de junho de 2024 , 10:42:14

logoajn1

PC age rápido e prende homem que matou ex-companheira com 30 facadas

 

Da redação, AJN1

Horas depois de matar a ex-companheira Fátima da Conceição Dias, 44, com mais de 30 facadas, Jivanildo dos Santos foi preso pela equipe do delegado Gerlânio Gomes na cidade de Riachão do Dantas. O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (4) em Arauá e teria sido motivado pela recusa da vítima em retomar o relacionamento amoroso. Em abril, o acusado já havia atentado contra a vida da mulher. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio.

De acordo com policiais, o crime aconteceu na casa onde a vítima residia. Agindo com frieza, após assassinar a ex-companheira, Jivanildo ligou para o proprietário da residência relatando com riqueza de detalhes como havia matado a ex-mulher com mais de 30 golpes de faca. Na sequência, o acusado fugiu para cidade de Pedrinhas, de onde seguiu até Riachão do Dantas, onde pretendia ficar escondido na casa da mãe.

“A localização do homicida se deu a partir de verificações de imagens do sistema de vídeo monitoramento que há na cidade. Comprovando o destino buscado pelo acusado. De posse da posse da informação que a mãe de Jivanildo residia em Riachão do Dantas, juntar as peças foi uma questão de tempo”, explicou o delegado Gerlândio Gomes.

Em seu depoimento, Jivanildo não demonstrou arrependimento e contou de forma detalhada como assassinou a ex-companheira. O delegado lembrou que o acusado já tinha um histórico de violência contra a vítima na época em que os dois conviviam. Em um dos casos, ele espancou a mulher com uma barra de ferro, mas quando o caso foi encaminhado à delegacia, ela preferiu negar a ocorrência do crime, alegando que ocorrido havia sido um acidente.

No mês de abril, Jivanildo voltou a atentar contra a vida de Fátima, que foi atingida com golpes de facão. No entanto, o acusado conseguiu fugir antes da chegada da polícia. Para o delegado, as constantes agressões levaram a mulher a romper o relacionamento, fato que não foi aceito por Jivanildo, que prometeu matar a ex-companheira, ameaça que acabou se consumando.

Você pode querer ler também