ARACAJU/SE, 17 de junho de 2024 , 10:04:29

logoajn1

PC deflagra operação e prende 28 por tráfico

 

Equipes da Polícia Civil, coordenadas pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), deflagraram na manhã desta terça-feira (19) a operação “Tubarão”, que resultou nas prisões de 28 integrantes de um grupo criminoso que atuava no tráfico de drogas na área litorânea de Aracaju. Também foram cumpridos 31 mandados de busca e apreensão. Dentre os presos estão pessoas da classe média e também foram apreendidos vários carros de luxo, dentre eles um Land Rover e um Volvo.

A informação é que a quadrilha vinha sendo investigada há vários meses e os levantamentos realizados possibilitou na apreensão de mais de 320 kg de drogas. Um fato que chamou a atenção dos policiais é que a quadrilha vendia a droga através de cartões de débito e crédito. Os presos foram levados para Academia de Polícia Civil (Acadepol), onde foi montada uma base para o interrogatório dos acusados.

As investigações do Denarc começaram no mês de julho e contaram com o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol). Nos levantamentos realizados a polícia verificou que a quadrilha não era um simples grupo de traficantes. A associação criminosa era bem estruturada e tinha quatro núcleos, com divisão de tarefas definidas. Parte dele era responsável por adquirir maconha, cocaína e crack na região sudeste para serem distribuídas em bairros de Aracaju. Dentre os bairrosque o grupo atuava estão Coroa do Meio, Atalaia, Farolândia e São Conrado, além dos conjuntos Orlando Dantas e Augusto Franco.

Outra característica do grupo é o uso da violência. Durante as investigações, equipes da Polícia Civil chegaram a intervir e frustrar homicídios encomendados pelos chefes da associação criminosa contra outros traficantes e usuários de drogas. Todas as vezes que era verificado os preparativos para a prática de homicídios, equipes de policiais ficavam de prontidão, situação que acabava por frustar a execução do crime.

Em outubro, Ana Paula Pereira da Silva, que tem ligação com a quadrilha, foi presa com mais de 119kg de maconha, 1,5kg de cocaína e uma balança de precisão, armazenados no quatro dos filhos. Detalhes da operação deverão ser repassadas à imprensa durante entrevista coletiva que deve acontecer ainda no dia de hoje.

*Com informações da SSP

Você pode querer ler também