PC desarticula quadrilha que matou sargento em Monte Alegre

Da redação, AJN1

 

Acusados de envolvimento na execução de um sargento da Polícia Militar, em Monte Alegre, Gladson Bezerra dos Santos, 26, Vinaldo Francisco dos Santos, 25, Manoel Francisco dos Santos, 30, e José Bismarque Gonçalves Santos, 25, foram presos e um adolescente apreendido durante operação realizada pelas equipes da Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória. A ação policial aconteceu nesta quarta-feira (6) nos bairros Ponto Novo e Orlando Dantas, em Aracajum e na cidade baiana de Rio Real. Com os suspeitos foram apreendidos sete aparelhos celulares, drogas, um revólver e várias munições.

 

O sargento da PM Amabeu Rodrigues Casado, 52, foi assassinado durante um assalto ao veículo da Cooperativa de Transporte Alternativo de Sergipe (Coopertalse), prefixo 082. O crime aconteceu no dia 12 de maio, na rodovia Rota do Sertão, no trecho que passa no povoado Taxas em Monte Alegre. Amabeu foi alvejado com um tiro na cabeça ao reagir a ação criminosa e veio a óbito ao dar entrada no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju.

 

Segundo o delegado regional de Glória, Jorge Eduardo, as investigações apontaram que o autor do disparo foi Bismarque. "Ele confessou o crime e passou os detalhes da participação de cada integrante da associação criminosa”, explicou o delegado.

 

Durante as investigações, os policiais descobriram que os presos têm envolvimento com o tráfico de drogas e assaltos ocorridos no sertão sergipano. Além disso, o grupo teria assassinado outras duas pessoas. A arma apreendida com os acusados, um revólver calibre 38, seria a mesma que foi utilizada na execução do militar. Os quatro homens foram presos e o adolescente foi apreendido por determinação da justiça.

 

O delegado Jorge Eduardo ressaltou que o apoio da comunidade, repassando informações de forma anônima, sobre os envolvidos no crime, foi determinante para elucidação do caso. “A população pode contribuir bastante na resolução de crimes e este caso é um bom exemplo disso”, concluiu.