ARACAJU/SE, 25 de junho de 2024 , 1:57:49

logoajn1

PC sem pistas de executor de gerente de posto de combustíveis

 

Da redação, AJN1

A equipe de investigações da Delegacia Regional de Canindé do São Francisco, Antônio Francisco, ainda não dispõe de pistas do homem que executou a tiros o gerente de uma rede de postos de combustíveis Edson da Costa Fagundes, 56. O crime aconteceu no final da manhã desta segunda-feira (11), quando a vítima chegava a uma agência bancária para fazer um depósito referente a arrecadação do posto durante o final de semana. Após alvejar Edson, o criminoso fugiu sem conseguir levar nenhum pertence ou dinheiro que a vítima transportava.

Segundo o delegado Antônio Francisco, como era de costume, Edson se deslocou até a agência bancária para depositar dinheiro, quando foi surpreendido pelo desconhecido. O delegado acredita que o criminoso imaginava que aquele seria o primeiro depósito do dia referente a arrecadação do final de semana e estaria com um valor elevado em sua posse.

No percurso ao banco, ao passar nas proximidades do colégio Teotônio Vileva, o gerente do posto foi rendido pelo desconhecido, que anunciou o assalto. Edson reagiu e foi atingido com um tiro na cabeça. Apesar da vítima estar de posse de pouco mais de R$ 12 mil, o criminoso fugiu sem conseguir levar nada. Informações não confirmadas pela polícia indicam que, na fuga, o homem foi auxiliado por comparsas que estariam em uma caminhonete.

O delegado pede apoio da população de Poço Redondo, no sentido de passar informações que possam auxiliar a polícia na identificação e prisão do criminoso. As denúncias podem ser feitas de forma anônima através do número 181 ou diretamente nas delegacias de Canindé e Poço Redondo.

Você pode querer ler também