ARACAJU/SE, 13 de abril de 2024 , 19:01:04

logoajn1

PM prende dois acusados de execução em borracharia no bairro Industrial

Da redação, AJN1

 

Equipes da Polícia Militar agiram rápido e prenderam Mikael Vieira Soares, 20, e apreenderam um adolescente, que são suspeitos de envolvimento na execução do borracheiro Jefferson dos Santos, 17, ocorrido no íncio da noite desta segunda-feira (6) no bairro Industrial, na zona Norte da capital. Os acusados estavam no Voyage, prata, de placas NVH-6402/SE, com restrição de roubo. Nele foram encontrados uma cápsula deflagrada de pistola calibre 380, capuz, bonés e aparelhos celulares. Na versão do adolescente, o crime foi motivado por uma rixa.

 

De acordo com policiais, os criminosos chegaram a borracharia localizada na avenida Euclides Figueiredo e efetuaram vários disparos de pistola. Jefferson, que trabalhava no local, não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser socorrido. Já o proprietário do estabelecimento, identificado como José Alex dos Santos, foi baleado e encaminhado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde permanece internado, mas não corre risco de morte.

 

O ocorrido mobilizou equipes do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) e do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp). Nas buscas realizadas, os policiais chegaram até os dois acusados, que foram flagrados trafegando no Voyage de cor prata pelo bairro Japãozinho. Nos levantamentos realizados, os militares constataram que se tratava de um veículo que havia sido roubado em Riachuelo durante o final de semana. 

 

Houve a abordagem e no interior do carro, os policiais encontraram capuz, bonés, aparelhos celulares e uma cápsula deflagrada de pistola calibre 380. Nas informações passadas à polícia pelo adolescente, outros cinco homens teriam participado da ação criminosa, mas até o momento não ocorreram novas prisões. Na versão do adolescente, o assassinato teria sido motivado por uma rixa.

 

Os acusados foram encaminhados até a Delegacia Plantonista (Deplan), onde foram autuados em flagrante. Mikael ainda foi reconhecido pelo proprietário do Voyage como sendo um dos homens que o assaltou em Riachuelo. A sequência da investigação ficará por conta do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

 

 

Você pode querer ler também