ARACAJU/SE, 18 de julho de 2024 , 8:47:21

logoajn1

Polícia Militar já apreendeu 778 armas de fogo até o mês de setembro deste ano

Joângelo Custódio, da redação AJN1

 

A Polícia Militar de Sergipe (PM/SE) já apreendeu, de janeiro a setembro deste ano, 778 armas de fogo em posse de criminosos. Com a calculadora em mãos, significa dizer que, em média, são cerca de 86,4 armas confiscadas mensalmente. Os números, assustadores, foram divulgados nesta quinta-feira (5), pelo comandante geral do Policiamento Militar, coronel Maurício Iunes, que também ficou estupefato com a grande quantidade de armas (revólver, pistola e espingarda) circulando com pessoas erradas pelo Estado.

 

A robustez dos três dígitos representa, segundo Iunes, um aumento de mais de 21% se comparado ao mesmo período de 2014.

 

“Nós não temos uma fábrica de armas em Sergipe e também não podemos responsabilizar terceiros, por estarem em poder dessas armas. Porque muitas vezes, quando essas armas são recuperadas, se procura verificar a origem delas. E na grande maioria são armas que vieram de fora do Estado. Elas são trazidas a Sergipe e acabam trazendo um problema maior. Se não houvesse o ingresso dessas armas, nós da MP, não teríamos problemas para realizarmos nossas atividades”, diz o comandante.

 

Em dois dias

 

Nos últimos dias 7 e 8 de outubro, durante a operação deflagrada pelo Ministério da Justiça, intitulada "Brasil Integrado", foram apreendidas em Sergipe 22 armas de fogo (revólver, pistola e espingarda), além de 60 munições de diversos calibres.

Você pode querer ler também