ARACAJU/SE, 19 de maio de 2024 , 1:44:41

logoajn1

Policial militar reformado é assassinado a tiros ao tentar impedir um assalto a ônibus em Aracaju

O último fim de semana em Sergipe foi marcado pela violência. Da noite da sexta-feira, 16, até as primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 19, o Instituto Médico Legal (IML) contabilizou 30 corpos, sendo 18 deles vítimas de homicídio. Somente no sábado foram registrados nove assassinatos, dentre eles, o caso do policial militar aposentado Luciano dos Santos Menezes, 46, morto a tiros dentro de um ônibus ao tentar impedir a ação de quatro marginais.

 

O fato aconteceu por volta das 20h30 quando quatro elementos adentraram no coletivo e anunciaram o assalto, dando início a um verdadeiro arrastão. Ao perceber a ação dos meliantes, o policial reformado tentou impedir a ação e chegou a conter três dos suspeitos, porém, o quarto marginal que se passava por passageiro notou a movimentação, sacou a arma e disparou três vezes contra o policial.

 

Os tiros atingiram principalmente a cabeça de Luciano que chegou a ser levado com vida dentro do pórprio ônibus até a urgência do Hospital Governador João Alves Filho (HGJAF), mas acabou não resistindo a gravidade dos ferimentos.

 

Repercussão

 

A morte de Luciano dos Santos Menezes chocou não somente a família e amigos do PM reformado, mas também indignou toda a sociedade e a própria categoria, que fará uma manifestação amanhã, a partir das 15h, na praça Fausto Cardoso, no centro da capital.

 

Em suas contas nas redes sociais, a Associação Central UNICA dos militares convida a todos para participarem do ato vestidos de camisa preta representando o luto e a indignação quanto ao alto índice de violência que assola o Estado. 

 

No desabafo nas redes sociais, os miltares convocam todos a "mostrar nossa indignação com todas as mortes de irmãos e pedir mais respeito do estado, antes que mais um de nós morra. Vista sua camiseta preta e vamos para a praça Fausto Cardoso, às 15 horas. Tragam seus familiares. Precisamos externar nossa dor de forma pacifica e ordeira”, diz a nota.

 

IML

 

O IML registrou ainda outros corpos vítimas de mortes violentas no povoado Poço dos Bois, em Cedro de São João, em Ilha das Flores, Aquidabã, Moita Bonita, Itaporanga D'Ajuda, no Loteamento Nova Liberdade e na avenida João Ribeiro, ambos em Aracaju.

 

Duas mortes por acidentes de trânsito também corroboram para os dados do IML deste fim de semana. Uma delas aconteceu em Santa Luzia do Itanhy, município distante 76 quilômetros da capital, e a outra vítima morreu no Hospital Regional de Estância.

 

Há ainda as mortes de um homem no Terminal Rodoviário Rollemberg Leite, em Aracaju, que acredita-se ter sido vítima de um mal súbito, e outra por afogamento no município de Arauá.

 

Você pode querer ler também