ARACAJU/SE, 19 de abril de 2024 , 6:31:13

logoajn1

Portador de necessidades especiais é preso em Lagarto acusado de estuprar criança

Um portador de necessidades especiais foi preso acusado de estupro de vulnerável. O fato aconteceu no último sábado (16) em um dos povoados da cidade de Lagarto. José Edilson Ferreira Santos, 52, foi preso depois de passar mais de dez horas com a criança presa em sua casa. A comunidade ao tomar conhecimento do ocorrido tentou invadir o imóvel para linchá-lo, mas foi impedida pela Polícia Militar (PM), que conduziu o acusado até a delegacia, onde foi autuado em flagrante.

 

De acordo com o que foi apurado, na noite da sexta-feira (15), Edilson abordou a menina e depois de conversar por alguns instantes a convidou para assistir filmes de desenhos animados e comer doces. A vítima acabou convencida a entrar e foi trancada no imóvel, tendo o acusado passado a abusar sexualmente dela. O sumiço da menina deixou os familiares desesperados. Por toda a noite, eles procuraram, sem sucesso, pela vítima.

 

Na manhã do sábado, após ser libertada, a menina foi para casa dos pais e revelou o que havia acontecido. A notícia do abuso se espalhou pelo povoado. Revoltados, familiares e outros moradores da localidade tentaram invadir a casa para linchar Edilson.

 

O ocorrido foi comunicado a PM e uma equipe de militares efetuou a prisão do acusado. Enquanto a vítima foi encaminhada para ser submetida a exames em Aracaju. Edilson foi autuado em flagrante por cárcere privado e estupro de vulnerável.

Você pode querer ler também