ARACAJU/SE, 14 de julho de 2024 , 22:33:47

logoajn1

Secretaria de Segurança Pública divulga balanço da Operação Concórdia

 

Por Ivo Jeremias
 
Em coletiva de impressa realizada nesta sexta-feira, 29, na sede da Academia de Polícia Civil (Acadepol), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgou um balanço da operação Concórdia, deflagrada no início da manhã de ontem. Ao todo, 29 pessoas foram presas, uma pessoa foi morta em troca de tiros, um adolescente foi apreendido e uma ossada humana foi encontrada. A polícia apreendeu ainda nove armas de fogo.
 
Morte
 
A pessoa que foi morta na operação era um velho conhecido da polícia. Trata-se de José Carlos Lima, mais conhecido como “Morrendo”. Ele era suspeito de praticar assaltos e dois homicídios. “Morrendo” se escondia na Invasão das Mangabeiras, quando foi localizado e morto no confronto com os policiais.
 
Restos Mortais
 
A suspeita é que a ossada humana encontrada enterrada em uma cova rasa, num terreno no Morro da Reação, bairro Santos Dumont, zona Norte de Aracaju, seja de um rapaz que é filho de um policial militar. O jovem está desaparecido há três meses. 
 
Policial Detido
 
Um dos que foram detidos é policial. Agnaldo Dantas Filho é sargento da Policia Militar. No momento da prisão, ele portava munição de forma ilegal. Estavam em posse do militar 20 cartuchos de munição para pistola 380 e 6 munições para revólveres de calibre 38. Agnaldo já respondia a um processo administrativo por apontar uma arma de fogo para uma pessoa em uma briga de trânsito.
 
 
De acordo com o diretor do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), delegado Jonatas Evangelista, devido ao tamanho da operação, será necessário mais alguns dias para que ela seja concluída.
 
“Pela grandiosidade, a operação não poderia se resumir ao dia de ontem. Continuamos a procura de outras pessoas envolvidas que já tem mandado de prisão expedido. Vamos nos aprofundar em investigações, esperando desvendar mais crimes na região para que a paz seja restabelecida naquela comunidade”, disse Evangelista. 
 
Operação Concórdia 
 
Após quatro meses de investigações e análises dos dados criminais registrados no bairro Santa Maria, a Secretaria de Segurança Pública(SSP) deflagrou  a operação 'Concórdia' na manhã desta quinta-feira, 28, com o intuito de cumprir 70 mandados judiciais, sendo 30 mandados de prisão e 40 de busca e apreensão. 
 
A SSP identificou que cerca de 20% dos homicídios ocorridos na Grande Aracaju são registrados naquela região capital e que a maioria dos graves delitos estava relacionada às disputas de duas facções criminosas pelo controle territorial do tráfico de drogas. Mais de 300 policias militares participaram da operação. 

Você pode querer ler também