ARACAJU/SE, 18 de julho de 2024 , 8:13:36

logoajn1

Suposto fomentador do tráfico é capturado

O jovem Jailson Ribeiro dos Santos é apontado como um dos fomentadores do tráfico de entorpecentes no Bairro Japãozinho, zona norte de Aracaju. O suspeito de 20 anos foi preso por Policiais Militares do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), na noite de quinta-feira, 13, também pelo crime de porte de munições de arma de fogo de uso restrito.

Com base em informações reveladas pela polícia, a equipe realizava o policiamento ostensivo pela Travessa G, na Ponta da Asa, naquele núcleo habitacional, quando avistou um homem em atitude suspeita que estava acompanhado por mais dois elementos.

De imediato, a viatura se aproximou e efetuou a abordagem, porém o suspeito ignorou os policiais e empreendeu fuga, refugiando-se no interior de uma casa em construção.

Os policiais o seguiram e encontraram dentro da residência cinco trouxas de maconha, 28 pinos contendo cocaína e 23 munições de calibre .40, além de uma balança de precisão pequena, plásticos para embalar droga e dois rolos de papel alumínio, materiais suficientes para caracterizar a condição de comercialização ilícita.

Após denúncias, o suspeito foi encontrado dentro de uma casa ao lado, escondido em um quarto atrás de um guarda-roupa. No momento foi dada a voz de prisão e Jailson foi encaminhado à Delegacia Plantonista (Deplan), onde negou a prática delitiva e afirmou residir naquela casa há cerca de dois meses, fato que foi desmentido por populares locais que afirmaram não conhecê-lo.

Os outros dois homens que acompanhavam o acusado foram revistados e liberados, enquanto Jailson foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e por portar munições de arma de fogo de uso restrito.

Espingardas apreendidas

Policiais Militares do Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati) apreenderam duas armas de fogo, enterradas em área de terraplanagem na cidade de Laranjeiras, distante 20 quilômetros da capital, Aracaju.

A ação aconteceu na quinta-feira, 13, quando os policiais foram acionados por um trabalhador da região, que informou estar trabalhado quando localizou uma espingarda calibre 22 e outra de fabricação caseira.

Os policiais reuniram o depoimento do trabalhador com as armas de fogo e o caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Laranjeiras. 

 

Por Rafael Heleno

 

Você pode querer ler também