ARACAJU/SE, 21 de maio de 2024 , 19:09:53

logoajn1

Suspeito de integrar quadrilha de assalto a banco é preso em N. Sra. das Dores

A Polícia Militar do Estado de Sergipe (PM) prendeu na tarde da última sexta-feira um homem em posse de um veículo com restrição de roubo no município de Nossa Senhora das Dores, distante 72 quilômetros da capital. A prisão aconteceu após uma equipe da PM que realizava ronda na região se deparar com um veículo de placa supostamente oficial parado no acostamento próximo a rodoviária da cidade.

 

Ao notarem a placa de uso exclusivo, os policiais estranharam o fato de um carro oficial estar parada naquele local. Ao consultarem o registro da placa do veículo, a equipe descobriu que os dados não conferiam com o modelo do carro.

 

Neste momento os militares solicitaram apoio a outra equipe da PM para efetuar a abordagem ao motorista que, ao ser solicitado que saísse do veículo, empreendeu fuga em direção a cidade de Capela. As guarnições da PM seguiram o suspeito que, em determinado momento, perdeu o controle do carro e acabou capotando.

 

O suspeito conseguiu ainda sair do carro e correr rumo ao Povoado Flor da Índia – entre os município de Nossa Senhora das Dores e Capela, mas logo foi preso pelos policiais  ao tentar se esconder em um canavial próximo.

 

Dentro do veículo em posse do suspeito os policiais encontraram a verdadeira placa do carro, que após breve consulta pelo Centro de Integração de Operações em Segurança Pública (Ciosp), ficou constatado restrição de roubo e furto. O carro foi tomado de assalto na cidade de Itabaiana no mês de setembro.

 

Os militares encontraram ainda coletes balísticos, munições, munições calibre 12, luneta, binóculo, porta-cédula de Policia Civil, boina de Policia Militar, adesivos da Polícia Federal, farda do Exército, várias carteira de habilitação, vários pen drives, maleta de ferramenta, bolsa com vários tipos de remédios , vários chips e 02 moldes da operadora Vivo,  documentação falsas,  várias placas frias de veículos e etc.

 

De acordo com a polícia, é possível que o homem preso integre uma quadrilha de assaltantes a agências bancárias como olheiro. Todo o material encontrado foi catalogado e encaminhado para a Delegacia Regional de Nossa Senhora das Dores.

Você pode querer ler também