ARACAJU/SE, 22 de fevereiro de 2024 , 23:47:27

logoajn1

Trio é preso pela PRF após praticar vários assaltos

 

Da redação, AJN1

O casal Anderson Nascimento dos Santos e Érica Wilma Barbosa de Oliveira, 21, foi preso e uma adolescente foi apreendida por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no início da noite de ontem (24) depois de assaltar um taxista e dois mototaxistas em Itaporanga D’Ajuda e São Cristóvão. O trio foi capturado na rodovia SE-464, que dá acesso ao Povoado Cajueiro Grande, em São Cristóvão. A PRF também conseguiu recuperar o táxi Spin, de placas QKR-5521/SE e uma moto Honda CG, de placa QKQ-5085/SE. Os acusados foram encaminhados até a Delegacia Plantonista Sul, em Aracaju.

De acordo com informações da polícia, por volta das 16h30 desta quarta-feira, o trio embarcou em um táxi lotação no povoado Nova Descoberta em Itaporanga e no percurso para sede do município assaltaram o motorista, que foi obrigado a entregar aparelho celular e R$ 900. A vítima foi abandonada às margens da BR-101, nas imediações da fábrica da Mabel, enquanto os assaltantes fugiram pela rodovia em direção a São Cristóvão. O roubo do táxi Spin, de placas QKR-5521/SE foi informado a PRF, que passou a realizar buscas pela área, conseguindo localizar o carro no povoado Feijão, em São Cristóvão.

Horas depois do assalto ao taxista, o trio voltou a agir. Desta feita, a adolescente e Erika estavam no centro de São Cristóvão e contrataram dois mototaxistas para levá-las até o povoado Cajueiro Grande. Ao chegar na localidade, as vítimas foram rendidas por três homens, sendo que dois deles estavam escondidos no mato e outro em uma moto. Os mototaxistas foram obrigados a entregar pertences e as motos, sendo uma Honda CG de placa QKQ-5085/SE e uma Honda 150 Fan, de placa IAP-2144.

Após ocorrido, as vítimas buscaram ajuda no posto da PRF. Policiais rodoviários iniciaram as buscas e momentos depois localizaram uma moto abandonada na rodovia SE-464. nas imediações do acesso ao Cajueiro Grande. Em seguida, a equipe da PRF abordou um casal e uma adolescente, que foram reconhecidas pelas vítimas como sendo os autores do roubo. Na versão dos mototaxistas, Anderson foi o homem que estava na moto dando cobertura aos dois comparsas, enquanto as mulheres foram as responsáveis por atrai-los até o povoado. Além disso, o trio foi reconhecido pelo taxista como sendo os responsáveis pelo roubo do Spin.

Contra Anderson ainda pesa a acusação de ter participado de um arrastão ocorrido durante a madrugada de ontem no Alto do Santo Antônio, em São Cristóvão. A informação é que ele estava em uma moto, enquanto os comparsas estavam em um Corsa de cor vermelha. A sequência das investigações ficará por conta das delegacias de São Cristóvão e Itaporanga. A suspeita é que o trio integre um grupo criminoso responsável por vários assaltos na região metropolitana de Aracaju.

*Matéria atualizada às 11h12 para acréscimo de informações.

Você pode querer ler também