ARACAJU/SE, 16 de abril de 2024 , 2:01:44

logoajn1

Estado não pode fazer publicidade até comprar remédios para MNSL

Da redação AJN1

 

Na manhã de hoje (9), o Ministério Público de Sergipe (MPE) participou de Audiência Judicial com a Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) para findar com o imbróglio sobre a falta de medicamentos na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju.

 

Durante a audiência, a FHS informou que “alguns medicamentos estão em falta e que, apesar de constante esforços para que os fornecedores supram esses medicamentos, reconhece que ainda há o desabastecimento de muitos”.

 

Não é a primeira vez que o MP ajuiza ações com intuito de resolver a situação da falta de insumos e medicamentos essenciais à manutenção da UTI Neonatal da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, e o Poder Judiciário determinou que o Estado cumprisse a liminar, mas a sentença vem sendo descumprida.

 

Para que a determinação seja cumprida, o Poder Judiciário ordenou que o Estado se abstenha de aplicar recursos públicos em campanhas publicitárias e promocionais do Governo enquanto o desabastecimento existir.

 

Com informações do MPE

Você pode querer ler também