ARACAJU/SE, 22 de abril de 2024 , 17:07:31

logoajn1

Jackson diz que se sente “constrangido” ao parcelar salário dos servidores  

Da redação, AJN1

 

O governador Jackson Barreto disse ontem (4), durante solenidade de autorização de obras para reforma de 72 escolas estaduais, que se sente “constrangido” e “humilhado” pelo fato de atrasar e parcelar, mais uma vez, o salário do funcionalismo público.

 

De acordo com o chefe do Executivo, a crise econômica severa que afeta o país e as perdas progressivas do Fundo de Participação dos Estados (FPE) são as principais causas que obrigam o Estado a fracionar a folha.

 

“Eu me sinto até constrangido e humilhado, de olhar para a população e os servidores públicos e não ter os salários para poder pagar. Mas é culpa minha? Como? Com os R$77 milhões a menos este mês do Fundo de Participação dos Estados?”.

 

Jackson informou que bateu à porta do presidente interino, Michel Temer, na última quarta-feira (3), para pedir salvação. “Conversei com o presidente Temer e mostrei que está difícil governar. Eu fiz a minha parte, fiz ajustes no Estado. A gente está funcionando com dificuldade com relação a recursos para custeio, por exemplo. Nós não temos mordomia, não temos gordura. Estamos fazendo nossa parte. Infelizmente, a crise nacional provocou essa derrocada nos estados”, disse.

Você pode querer ler também