ARACAJU/SE, 16 de abril de 2024 , 2:34:41

logoajn1

João oficializa pré-candidatura à reeleição com Jailton vice

Da redação, AJN1

 

Um dia depois de anunciar que não seria candidato à reeleição e criar alvoroço nos meios políticos, o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), surpreendeu novamente e voltou atrás ao decidir, no final da tarde desta sexta-feira (5), que será, sim, pré-candidato à reeleição, tendo como candidato a vice o vereador Jailton Santana (PSDB), e não mais José Carlos Machado (PMDB), como fora cogitado.

 

A oficialização aconteceu durante convenção na sede dos Democratas, no bairro 13 de Julho, e contou com a presença de correligionários e militantes do partido. Agora, a coligação encabeçada por João ficou desenhada com o PSDB, PV, PHS, DEM, PPS e PEN.

 

Expectativa

 

Durante toda a semana, o prefeito João criou uma demasiada expectativa em seus aliados e adversários políticos: ele seria ou não candidato à reeleição? Inclusive, João chegou a sondar possíveis nomes para substituí-lo, como foi o caso do deputado Robson Viana (PEN).

 

Na noite dessa quinta-feira, ele se reuniu com lideranças e chegou a anunciar, internamente, que não seria mais candidato, alegando problemas de saúde. Com isso, a imprensa e a classe política foram dormir com o nome de João fora do pálio e entardeceram esta sexta com ele no jogo outra vez.

 

Escolha do vice e gravação

 

Com a sua definição, a dúvida passaria a ser a escolha do vice, já que a relação com José Carlos Machado estaria “estremecida” após vazamento de áudio em que Machado faz duras críticas ao secretariado de João, gravação, inclusive, repudiada por Machado, o qual acusou o anônimo interlocutor de fazer uma montagem com suas declarações para prejudicar as articulações políticas nesta reta final de alianças partidárias, além de querer manchar sua imagem e amizade com o prefeito.

 

Mesmo diante desse abacaxi indigesto, a cúpula do PSDB jura que a escolha por Jailton Santana, no lugar de Machado, não tem relação com a gravação viralizada nas redes sociais – que será investigada pelo Departamento de Repressão aos Crimes contra a Ordem Tributária e Administração pública (Deotap).

 

“Houve um consenso pelo meu nome. Não permanecer com Machado não tem nada a ver com a gravação vazada, essa história está superada. A escolha do PSDB teve consenso de todos e aval do DEM. Nos reunimos o dia todo e ficou decidida a permanência do PSDB na chapa dos Democratas”, disse o pré-candidato a vice, vereador e radialista Jailton Santana.

 

7 candidatos

 

Até o momento, há sete candidatos na corrida eleitoral pela Prefeitura de Aracaju: Edvaldo Nogueira (PCdoB); João Alves (DEM); Valadares Filho (PSB); Sônia Meire (Psol); Emerson Ferreira (Rede); João Paes da Costa (PMN) e Vera Lucia (PSTU). 

 

Prazo final

 

Terminou às 18h de ontem o prazo para que os partidos políticos façam convenções partidárias a fim de definir coligações e candidatos que vão concorrer às eleições municipais de outubro. O pleito servirá para a escolha de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. As convenções começaram no dia 20 do mês passado.

 

Além disso, desde o dia (3) está assegurada aos partidos a prioridade postal para que as legendas possam enviar material de propaganda dos candidatos registrados na Justiça Eleitoral. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), até o próximo dia 15, o envio de propagandas só pode ser feito entre os órgãos partidários. Somente a partir do dia 16 de agosto é que o material poderá ser voltado aos eleitores.

 

 

 

Matéria atualizada às 18h45 para acréscimo de informação.
 

Você pode querer ler também