Lula encerra Caravana em Sergipe e afirma: “Tenho condições de mudar o Brasil”

 

Da redação, AJN1

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou, nesta terça-feira (22), a passagem da “Caravana Lula Pelo Brasil” em Sergipe em um grande ato que ocorreu no Iate Clube de Aracaju. Com o palco repleto de lideranças locais, Lula voltou a falar sobre o objetivo da Caravana: “Conversar com as pessoas, olhar nos olhos no povo e dizer que “temos condições de mudar o Brasil.”

“Se não fosse a esperança de vocês, o Lula seria apenas mais um para a história desse país. Vocês não têm que agradecer ao Lula. Vocês têm que agradecer a cada um de vocês, porque sem vocês não existiria Lula”, afirmou ele.

Lula recebeu diversas homenagens do povo local, como as de dois jovens que se formaram em Medicina e subiram ao palco para abraçar o ex-presidente. Integrantes da tribo Xocós também o homenagearam.

Lembrou de Déda

Lula lembrou ainda do ex-governador Marcelo Déda (PT), que morreu em 2013. “A primeira vez que estive em Sergipe foi em 1985. Tinha um moleque metido aqui chamado Marcelo Déda que se meteu a ser candidato. Aquele menino que tinha apenas 25 anos virou governador desse estado. O amigo que jamais imaginou ser vereador, terminou virando presidente da República”, afirmou Lula.

“Eu saio daqui depois de passar em várias cidades, de conversar com muita gente, eu saio daqui para dizer para vocês que eu levo de Sergipe a mais grata lembrança e um carinho que poucas vezes um ser humano pode receber”, finalizou Lula, lembrando da história do companheiro Déda.

Caravana

O líder petista está no Estado desde o último domingo (20), e já percorreu as cidades de Estância, Lagarto, Itabaiana e Nossa Senhora da Glória, culminando com este ato na capital. A Caravana vai percorrer os 25 municípios dos nove Estados do Nordeste durante 20 dias. Ainda hoje o ex-presidente vai desembarcar em Alagoas.