Márcio Macêdo diz que Bolsonaro é “homofóbico” e “bate em mulher”

Da redação, AJN1

Durante entrevista a uma emissora de rádio no município de Itabaiana, distante 58 km de Aracaju,  na manhã desta sexta-feira (6), o vice-presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), o sergipano Márcio Macêdo, disse que o polêmico deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) é “homofóbico” e “bate em mulher”.

As afirmações ácidas e deselegantes do petista não foram verbalizadas ao vento por acaso. Atingem diretamente o possível candidato carioca que, apesar do histrionismo e das declarações ofensivas, está em segundo lugar (17%) na última pesquisa Datafolha para presidente da República, perdendo apenas para o ex-presidente Lula (35%).

Macêdo disse ainda que Bolsonaro gosta de provar “experiências sexuais novas”, dando a entender que ele, por julgar os homossexuais, também seria gay embutido.

Márcio estava na comitiva do governador Jackson Barreto (PMDB), o qual entregou uma série de investimentos na cidade serrana.