ARACAJU/SE, 22 de junho de 2024 , 0:17:38

logoajn1

Moraes afirma não existir discussão para adiar eleições no Rio Grande do Sul

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, afirmou que não há nenhuma discussão hoje para adiar as eleições municipais no Rio Grande do Sul, que passa pela maior catástrofe ambiental de sua história.

“Não há nenhuma discussão, nenhuma previsão do adiamento das eleições”, afirmou Moraes no início da sessão plenária dessa terça-feira (21).

Moraes apontou que ainda estamos em maio, e que não houve nenhum dano no Tribunal Regional Eleitoral do Estado que inviabilize a realização do pleito. O primeiro turno está marcado para 6 de outubro.

Ele também afirmou que as urnas danificadas pelas enchentes serão substituídas. “Isso é muito importante, porque o calendário eleitoral permanece para o Brasil inteiro. O povo do Rio Grande do Sul pode ficar tranquilo”, disse.

A possibilidade de adiar o pleito vem sendo levantada no meio político. No TSE, porém, o entendimento é que, para isso ocorrer, é necessário que o Congresso aprove uma proposta de emenda constitucional (PEC).

O paralelo traçado é com o ano de 2020, quando os parlamentares aprovaram o adiamento do pleito por conta da pandemia de covid-19. Na ocasião, as eleições municipais foram realizadas em novembro.

Fonte: Valor Econômico

Você pode querer ler também