ARACAJU/SE, 19 de julho de 2024 , 11:28:59

logoajn1

Prefeito Edvaldo inaugura galeria das secretárias e secretários municipais da Assistência Social

 

O prefeito Edvaldo Nogueira inaugurou, nesta terça-feira, 9, a galeria das secretárias e secretários municipais da Assistência Social da Prefeitura de Aracaju. O ato foi realizado no Centro Administrativo, com a presença dos gestores que atuaram na pasta, ao longo de quase 40 anos, ou seus representantes. Além de inaugurar o novo espaço de homenagens, fixado na sede da administração, foi entregue também uma réplica do quadro exposto na galeria a cada um dos ex-secretários.

 

De acordo com Edvaldo, o ato reconhece o trabalho dos profissionais que ajudaram a construir o papel que a secretaria executa no município nos dias de hoje. “Todos que passaram por essa pasta deixaram seu trabalho, sua marca e sua visão de mundo. Todos aqueles que passam pela Assistência de Aracaju se contagiam pela iniciativa de fazer o bem. Portanto, esse é o momento de comemorar e agradecer, porque sem a Assistência Social, não seria possível realizar tanto e, benefício da população mais carente da nossa capital”, destacou o prefeito.

 

A galeria foi criada como forma de reconhecer o trabalho e a contribuição de cada um dos indivíduos que ocuparam o cargo ao longo dos anos. Dessa forma, ela funciona como um registro histórico que documenta a evolução das políticas e programas sociais sob a liderança de diferentes gestores. A iniciativa não apenas preserva a memória institucional, mas também inspira e orienta novos líderes ao proporcionar um panorama das realizações passadas e dos desafios superados no âmbito da Assistência Social.

“Este é um momento que pensávamos há um tempo, de prestar esta homenagem de reconhecimento a todos os gestores que passaram por essa pasta, pois cada um deles deu uma grande contribuição no combate à extrema pobreza e atuaram em benefício da inclusão social dessa cidade. Esse é um momento festivo, mas também de grande significado, pois reconhece o que cada um fez pela Assistência Social de Aracaju. Esse ato é o reconhecimento do esforço ao longo desses anos. Eu sou a secretária que mais tempo foi gestora nessa pasta e é uma honra muito grande para a gente ter esse trabalho reconhecido, que foi e vem sendo construído através de várias mãos”, afirmou a secretária municipal da Assistência Social, Rosária Rabelo.

 

Quem também foi homenageada e esteve presente na solenidade foi a secretária nacional de Renda de Cidadania do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) e ex-vice-prefeita e ex-secretária da Assistência Social de Aracaju, Eliane Aquino, que agradeceu pela honraria.

 

“É uma honra estar aqui hoje, de ter passado por essa Casa que é possui uma das políticas mais honrosas. Estando na gestão de Aracaju, a gente fica muito mais perto da população. Então, para mim é uma honra este momento. Agradeço ao prefeito Edvaldo e a secretária Rosária Rabelo e tantas outras secretárias e secretários que passaram antes de mim, que pavimentaram esse caminho. Quando a gente tem uma política instituída para cuidar das pessoas que têm a maior vulnerabilidade, a gente precisa olhar para elas para conceder a essas famílias a perspectiva de acesso à educação, saúde e trabalho. A política de Assistência Social tem esse papel de não andar sozinha, mas de ser reconhecida, valorizada e, principalmente, fazer a interface com as outras políticas para melhorar a vida da nossa população”, destacou.

 

O ex-secretário da Assistência Social, Bosco Rollemberg, que atuou entre os anos de 2011 e 2012, considerou que “este é um momento de reconhecimento, muita alegria e, ao mesmo tempo, de desafios”. Segundo ele, os esforços firmados por todos os nomes que já passaram pela pasta “mostram a trajetória de vida dessas pessoas, o esforço e empenho dedicados na gestão para garantir os direitos sociais da população”. Bosco recordou que todos os desafios enfrentados por cada um dos ex-secretários proporcionou a atual situação existente hoje na cidade, considerada qualidade de vida para a população. “Esta é uma homenagem maravilhosa, porque uma cidade que não constrói e preserva sua memória, ela deixa de extrair lições da vida, do cotidiano, em benefício da população”, afirmou.

 

Histórico

 

Em 17 de janeiro de 1983, a partir da Lei nº 899, foi criada a Secretaria de Ação Social, cuja regulamentação ocorreu através do Decreto nº 7, datado de 21 de fevereiro de 1983. Pouco depois, em 15 de junho do mesmo ano, por meio da Lei nº 912, as dotações destinadas ao Projeto Aracaju foram transferidas para a recém-criada Secretaria de Ação Social.

 

Após o processo de redemocratização do país, com o primeiro prefeito eleito democraticamente, Aracaju teve sua primeira secretária indicada pelo Conselho Regional de Serviço Social (Cress). Foi a partir de 1985, que a Secretaria da Assistência Social passou a atuar em caráter de política pública.

 

A partir da Lei nº 1.451, de 30 de dezembro de 1988, foi alterada a denominação para Secretaria Municipal do Desenvolvimento e Ação Comunitária.

 

Em 18 de julho de 1995, com a promulgação da Lei nº 2.276, a Secretaria Municipal da Ação Social foi extinta e transformada na Fundação Municipal do Trabalho e Ação Social.

Em 3 de janeiro de 1997, a Secretaria Municipal de Ação Social volta a ser instituída a partir do Decreto nº 15/1997.

 

Com a promulgação da Lei nº 2.662, de 25 de novembro de 1998, houve a alteração da denominação passando a ser chamada de Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania. Posteriormente, em 6 de fevereiro de 2013, com a promulgação da Lei Complementar nº 119, passa a ser denominada Secretaria Municipal da Família e da Assistência Social.

 

Homenageados

Ana Maria Santos Rollemberg Côrtes – 1985 a 1988 | 2002 a 2003

Josefa Ayres de Góes Santos – 1989 a 1990

Marluce Rocha Falcão – 1991 a 1992

Joelina Souza Menezes – 1993 a 1994

Jeremias Romão de Brito – 1994 a 1995

Maria Helena Tavares de Lima – 1996

Evandro de Sena e Silva 1997 a 1998

Emanuel da Silva Nascimento – 1998 a 2000

Tadeu Matos Henriques Nascimento – 2000 a 2001

Maria da Conceição Vasconcelos – 2001 a 2002

Maria Conceição Vieira Santos – 2003 a 2004

João Bosco Rollemberg Côrtes – 2011 a 2012

Maria Selma Mesquita – 2013 a 2015

Maria do Carmo do Nascimento Alves  – 2015 a 2016

Eliane Aquino Custódio – 2017 a 2018

Rosane da Cunha e Silva – 2018 a 2019

Antônio Bittencourt Júnior – 2019 a 2020

Simone Santana Passos – 2020 a 2024

Rosária de Souza Rabelo – 2004 a 2010 | 2024

 

Você pode querer ler também